Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Agronegócios

Publicada em: 13/03/2017 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Estado investe na conservação do solo para produtividade das culturas

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação
Estado investe na conservação do solo para produtividade das culturas

A produtividade das culturas está diretamente associada à conservação do solo. Segundo o gerente regional da Emater/RS-Ascar de Passo Fundo, Oriberto Adami, o Rio Grande do Sul cresceu muito na produtividade da soja e do milho em razão da qualidade do que é básico que é o solo. O tema foi debatido no programa Ecologia do último sábado (11).

 

Adami contou que antes da implantação do Sistema de Plantio Direto, nos anos 90, se desenvolvia uma agricultura convencional, com gradagem e pulverização do solo. As chuvas assoreavam os rios, havia perda de solo e nutrientes e as águas ficavam contaminadas. A partir disso se avançou muito, mas com o plantio direto simplificado, sem a rotação de culturas, houve um recuo do trabalho da assistência técnica para inovar em novas tecnologias para a conservação do solo.

 

Esse trabalho foi retomado para auxiliar o produtor com perda de solo. A Secretaria da Agricultura do Estado, com a parceria de várias entidades, construiu o programa “Conservar para produzir melhor”, que resultou em uma série de ações, realizadas principalmente pela Emater.

 

Adami contou foram qualificados mais de 150 técnicos e agrônomos, implantadas unidades de referência em 428 municípios, além de palestras, seminários e dias de campo, seis deles na região com grande participação de público.

 

O engenheiro agrônomo Rafael Goulart Machado ressaltou que o plantio direto simplificado trouxe problemas de estrutura de solo e de perda superficial de nutrientes. Por isso, estão procurando retomar o antigo sistema.

 

Hoje é feita a divulgação de algumas das práticas da década de 1990, adaptadas aos atuais interesses do produtor, como por altas produtividades e por geração de renda, para que se possa manter o homem no campo.

 

Machado disse que a perda de nutrientes do solo, além de levar consigo os investimentos do produtor na lavoura, vão para os mananciais hídricos causando problemas para quem consumir aquela água contaminada por resíduos.

 

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Você concorda com a legalização dos jogos de azar no Brasil?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas