Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Agronegócios

Publicada em: 13/11/2017 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Cerca de 20% da produção do milho da região desse ano foi prejudicada pelo ataque de javalis, avalia produtor

Rádio Uirapuru
Créditos: Rádio Uirapuru
Cerca de 20% da produção do milho da região desse ano foi prejudicada pelo ataque de javalis, avalia produtor

A incidência de javalis e os prejuízos nas lavouras da região de Passo Fundo foram tema do Uirapuru Ecologia de sábado (11). O javali foi introduzido em criações na Argentina e no Uruguai, de onde ingressou no Rio Grande do Sul e progressivamente avança devastando plantações, atacando bovinos, ovinos, cavalos e ninhos de animais silvestres nativos. Estima-se que 500 mil javalis e javaporcos (cruza de javali com suíno) vivem no Estado.

 

O produtor rural João Amantino contou que começou a sentir as consequências da presença de javalis nas suas plantações no ano passado. Eles comem as sementes. Em razão dos ataques, hoje é um dos poucos agricultores que mantém o plantio de milho.

 

Amantino explicou que por causa da alimentação das vacas de leite é obrigado a continuar com a cultura. Salientou que no ano passado, calcula-se que, na região, 30% das lavouras tenha sido perdida em razão dos ataques.

 

Neste ano, já se estima uma perda de 20% da produção. Amantino destacou que a legislação atual que trata sobre o abate deveria ser aperfeiçoada para um combate sistemático mais eficiente.

 

O soldado Gomes do 3°Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Passo Fundo explicou que no Brasil a caça do animal não é permitida, mas o Ibama autoriza o manejo controlado do javali. Em Passo Fundo há aproximadamente seis grupos de pessoas cadastradas para fazer a captura e o abate, mas em razão da proliferação não estão conseguindo dar conta.

 

O soldado Gomes contou que a incidência de javalis é relatada por diversos agricultores. Muitos deles vindos de Chapada, Carazinho, Cruz Alta, Trindade do Sul, Palmeira das Missões e Santa Bárbara. Hoje uma fêmea javali tem em média dois partos por ano e até 10 filhotes por parto. Isso significa que uma fêmea pode reproduzir em um ano 20 filhos e 50 netos. Para o sargento, o único controle exato é o extermínio do javali.

 

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Troca-Troca

com Gabriela Rosa e Valdir Mello

Quinta-Feira

das 12:30 às 13:30

ouça ao vivo



Você concorda com a legalização dos jogos de azar no Brasil?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas