Agilidade no financiamento é diferencial do Banco do Brasil ao lado do produtor rural, afirma gerente de agronegócios

Créditos: Rádio Uirapuru

Os agricultores têm à disposição na Expodireto Cotrijal 2019 as principais instituições financeiras, que neste ano, mais uma vez, estão com linhas de crédito bastante competitivas. Uma delas é o Banco do Brasil (BB), que tem a expectativa de impulsionar as contratações de crédito agrícola para este semestre no Rio Grande do Sul, superando R$ 12 bilhões no fechamento do ano-safra 20182019 no Estado.

Em entrevista à Uirapuru, o gerente de Mercado Agronegócios do Banco do Brasil no RS, Anderson Nascimento, destacou que o BB há uns dois anos mudou bastante a sua estratégia de atuação nas grandes feiras no país, como a Expodireto. Em Não-Me-Toque são mais de 100 pessoas trabalhando, divididas entre equipes de captação de negócios, assessoria e operacional. Frisou que a agilidade de atendimento é o diferencial do BB no evento. Contou que nesta quinta-feira (14) haverá uma sessão de assinaturas de contratos com negócios prospectados na Expodireto, já com a liberação dos maquinários, sendo que normalmente essa operação é mais demorada.

Contou que o BB dispõe de recursos próprios suficientes para atender a demanda da feira. Nascimento ressaltou que o Banco do Brasil, dentro do sistema financeiro, detém 60% do crédito ao agronegócio, se destacando como importante ator no desenvolvimento da cadeia que é fundamental para a economia do país e do Estado.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas