Em Dia de Campo, protagonismo do meio rural é ressaltado

Créditos: Divulgação/PMPF

Pavilhão lotado e muita chuva do lado de fora. Assim foi o 4º Dia de Campo Hortaliças e 1º Seminário de Horticultura, realizado nesta quinta-feira, 18 de outubro, no distrito de São Roque. Numa promoção da Prefeitura de Passo Fundo, através da Secretaria do Interior, Emater, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Cresol e Sicredi, o evento levou dezenas de pessoas para acompanhar as palestras que focaram as alternativas de produção.

Mais do que um evento técnico, o Dia de Campo mostrou aos participantes o protagonismo do meio rural. Conceito esse abordado por todas as autoridades convidadas, dentre elas o vice-prefeito João Pedro Nunes, e o secretário do Interior, Antônio Bortolotti. Para o vice-prefeito, o principal acontecimento do evento foi mostrar a força que vem das pequenas propriedades, que produzem grande parte dos alimentos consumidos na cidade. “Hoje temos uma população em sua grande maioria na zona urbana, mas muitos vieram o meio rural e é a agricultura produzida aqui que gera alimentos para todos. É por isso que temos sempre que apoiar a formação, os eventos técnicos que qualificam os pequenos produtores”, salientou.

O incentivo dado pela administração às comunidades do interior de Passo Fundo também foi ressaltada. O gerente da Emater, Oriberto Adami, lembrou da importância do programa que garante a compra dos produtos da agricultura familiar para a merenda escolar, o que, para ele, representa qualidade na alimentação oferecida para as crianças e incentivo para quem a produz.

Alternativas de produção

Dentro do mote de alternativas de produção, uma das palestras da manhã foi sobre a produção de batata-doce. O tema foi exposto pela analista da Embrapa Clima Temperado, Andréa Noronha, que apresentou uma variedade de batata-doce desenvolvida na cidade de Pelotas e que teria boa adaptação na região.

Em seguida foi a vez do pesquisador José Ernani Schwengber, também da Embrapa Clima Temperado, falar sobre a produção de hortaliças em sistema agroecológico. E, para encerrar o ciclo de palestras, a engenheira agrônoma e professora da Universidade de Passo Fundo (UPF), Eunice Oliveira Calvete e o doutorando da UPF José Luís Trevisan, falarem sobre as tecnologias sustentáveis no cultivo do morangueiro.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas