Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Cidade

Publicada em: 14/03/2017 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Polícia Civil prende criminosos que torturavam as vítimas durante assaltos na Região

Todos já tinham antecedentes

Rádio Uirapuru
Créditos: Rádio Uirapuru
Polícia Civil prende criminosos que torturavam as vítimas durante assaltos na Região

No início da manhã desta terça-feira (14), a Polícia Civil deflagrou uma operação que resultou na prisão de uma quadrilha acusada de cometer diversos assaltos a residências e propriedades rurais nos municípios de Ciríaco, Sananduva e Muliterno.

 

Denominada como Estradeiros, a operação policial foi coordenada pelo Delegado Diogo Ferreira e é resultado de sete meses de investigações da DP de Ciríaco, com apoio das delegacias da região de Passo Fundo e Lagoa Vermelha, além da Brigada Militar.

 

Os policiais cumpriram sete mandados judiciais, sendo quatro prisões preventivas e três mandados de busca e apreensão.

 

Os investigados são acusados de integrarem uma organização criminosa que cometeu pelo menos 15 roubos nos últimos meses na região. Em dezembro de 2016 outros 4 integrantes da quadrilha já haviam sido presos.

 

De acordo com o Delegado Diogo Ferreira, o bando atuava com extrema violência no momento dos assaltos. As vítimas eram violentamente agredidas e torturadas, principalmente crianças e mulheres que sofriam choques elétricos e coronhadas na cabeça.

 

Os presos foram identificados como Leonardo Passos de Oliveira, José Roberto Passos de Oliveira, Valcir Fabris da Silva e Ravel Germano Farias. As prisões aconteceram em Muliterno e Ciríaco.

 

Durante a operação foram apreendidos celulares, TVs, cártulas de cheques, utensílios domésticos e joias.

 

Os presos serão encaminhamos até a Delegacia da Polícia Civil de Ciríaco e posteriomente recolhidos ao Presídio Estadual de Guaporé.

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Você concorda em votar no partido e não mais no candidato?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas