Colunistas Valdir Mello

UPF apresenta iniciativa pioneira de controle leiteiro na Expodireto

Valdir Mello
Ver publicações
Comentários

Parceira da Expodireto desde a primeira edição, a Universidade de Passo Fundo (UPF) está com novidades nesta edição da feira. O Serviço de Análise de Rebanhos Leiteiros (Sarle) ampliou o seu portfólio e está com uma iniciativa pioneira no Rio Grande do Sul, que é o exame que detecta a prenhez bovina utilizando amostras de leite. Além disso, antecipa o diagnóstico para 28 dias de gestação.

Atualmente, o diagnóstico é realizado aos 42 dias de gestação por meio de exame ultrassonográfico ou aos 60 dias de gestação através da palpação transretal realizada pelo médico veterinário. Conforme o professor de Medicina Veterinária da UPF, Carlos Boldan, no Brasil a instituição é a terceira a oferecer essa possibilidade. Explicou que o exame visa facilitar o manejo das fazendas e auxiliar os veterinários que estão no campo. O professor ressaltou que com o diagnóstico precoce de gestação é possível identificar as vacas não gestantes e imediatamente realizar avaliação veterinária para adotar procedimentos, muitas vezes tratamentos hormonais, para que o mais breve possível possam conceber uma gestação. Boldan frisou que para uma vaca ser rentável dentro da fazenda ela precisa repetir um parto por ano porque o leite está associado à reprodução.

O professor do curso de Medicina Veterinária, Dr. Fernando Pilotto, falou sobre o Centro de Diagnóstico e Pesquisa de Sanidade Animal (CDSA), implantando junto ao Módulo II do Parque Científico e Tecnológico UPF Planalto Médio (UPFParque). Segundo Pilotto, a metade Norte do Estado tem cerca de 80% da criação de aves, de suínos e da produção de leite, mas não contava com nenhum laboratório credenciado pelo Ministério da Agricultura para a realização dos ensaios oficiais.

Até então as amostras eram encaminhadas para o único laboratório para aves em Porto Alegre e, nas demais cadeias, para Paraná e Santa Catarina. O docente disse que no dia 25 de maio o laboratório irá receber o INMETRO para a creditação e em seguida deverá oferecer à comunidade exames oficiais, atendendo às demandas do Programa Nacional de Sanidade Avícola, do Programa Nacional de Sanidade Suídea e do Programa Nacional de Controle de Erradicação de Tuberculose e Brucelose.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.