Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Ieda Almeida

  • Sexta-Feira, 09/12/2016

    A estrela

     Estava Deus, a caminhar, calmamente, pelo universo... Contemplava sua criação, e, aproveitando o passeio, verificava  se tudo estava correndo bem. Em certo ponto de sua caminhada, deparou-se com uma de suas estrelas, num choro compulsivo...Com certa tristeza, aproximou-se e perguntou docemente: Por que choras, minha filha?



    A pobre estrela, aos prantos, mal conseguia falar :
    - Sabe, meu Pai... Estou triste... não consigo achar uma razão para a minha existência... O sol, com toda a sua magnitude, fornece calor, luz e energia às pessoas... As estrelas cadentes, incentivam paixões e sonhos... Os cometas, geram dúvidas e mistérios... E eu, aqui... parada...



    Deus ouviu tudo atentamente... com doçura e paciência, decidiu explicar à estrela os porquês, porém, foi interrompido por uma voz, que vinha de longe... Era uma criança, que caminhava com sua mãe, em um dos planetas da região... A criança dizia à sua mãe:


    Veja mamãe! O dia já vai nascer!



    A mãe ficou meio confusa... como podia, uma criança, que mal  sabia as horas, saber que o sol já nasceria, mesmo estando tão escuro? Como você sabe disso, meu filho? Veja aquela estrela! Papai me disse que ela anuncia o novo dia. Ela sempre aparece pouco antes do sol, e aponta o lugar de onde o sol vai sair...



    Ouvindo aquilo, a estrela pôs-se a chorar... Deus, calmamente lhe falou :Podes ver? Sabes agora, o motivo de tua existência?
    Tudo o que criei, fiz por alguma razão de ser.
    És a estrela que anuncia o novo dia.. .

     

     

    E com o novo dia, renovam-se as esperanças, os sonhos... E serves para orientar os homens, para onde caminhar. Ao te ver, sabem que não estão perdidos, pois sabem qual o seu destino.



    A estrela ouviu tudo atentamente... Sentiu uma alegria celestial invadindo sua vida... A partir de então, ela brilhou cada vez mais, pois sabia que era importante e indispensável ao ciclo da vida. Todos nós temos uma razão para estarmos aqui...

     

     

    Mesmo se não soubermos qual é exatamente esta razão, devemos viver a vida intensamente, semeando amor e espalhando alegrias... Só assim, a estrela que habita em nossos corações brilhará mais forte, iluminando a todos que estão à nossa volta.



    Fazendo isso, estaremos iluminando nossas próprias vidas.
    Felicidades!!! Que sua estrela brilhe sempre..

  • Quinta-Feira, 08/12/2016

    Lembre-se

    Sua presença é um presente para o mundo. Você é único e só há um igual a você. Sua vida pode ser o que quiser que ela seja. Viva os dias, apenas um de cada vez.



    Conte seus sucessos, não seus problemas. Você os superará venha o que vier.  Dentro de você há muitas respostas. Compreenda, tenha coragem, seja forte.



    Não coloque limites em si mesmo. Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.As decisões são muito importantes para serem deixada ao acaso. Alcance seu máximo, seu melhor e seu prêmio.



    Nada consome mais energia do que a preocupação. Quanto mais tempo se carrega um problema, mais pesado ele fica.



    Não leve as coisas tão a sério. Viva uma vida de serenidade, não de arrependimentos. Lembre-se de que um pouco de amor dura muito. Lembre-se muito disso: dura para sempre.



    Lembre-se que a amizade é um investimento sábio. Os tesouros da vida são todas as pessoas. Perceba que nunca é tarde demais. Faça coisas simples e de forma simples.



    Tenha saúde, esperança e felicidade. Nunca jamais esqueça, por sequer um dia o quanto você é especial !!!

  • Terça-Feira, 06/12/2016

    O silêncio

    Aprende com o silêncio a ouvir os sons interiores da sua alma, a calar-se nas discussões e assim evitar tragédias e desafetos, aprende com o silêncio a respeitar a opinião dos outros, por mais contrária que seja da sua, aprende com o silêncio a aceitar alguns fatos que você provocou, a ser humilde deixando o orgulho gritar lá fora, aprende com o silêncio a reparar nas coisas mais simples, valorizar o que é belo, ouvir o que faz algum sentido, evitar reclamações vazias e sem sentido, aprende com o silêncio que a solidão não é o pior castigo, existem companhias bem piores....

     

     Aprende com o silêncio que a vida é boa, que nós só precisamos olhar para o lado certo, ouvir a música certa, ler o livro certo, que pode ser qualquer livro, desde que você o leia até o fim. Aprende com o silêncio que tudo tem um ciclo, como as marés que insistem em ir e voltar, os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar, como a Terra que faz a volta completa sobre o seu próprio eixo,, complete a sua tarefa.

     

    Aprende com o silêncio a respeitar a sua vida, valorizar o seu dia, enxergar em você as qualidades que você possui, equilibrar os defeitos que você tem e sabe que precisa corrigir e enxergar aqueles que você ainda não descobriu . Aprende com o silêncio a relaxar, mesmo no pior trânsito, na maior das cobranças, na briga mais acalorada, na discussão entre familiares, aprende com o silêncio a respeitar o seu "eu", a valorizar o ser humano que você é, a respeitar o Templo que é o seu corpo, e o santuário que é a sua vida.

     

    Aprende hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar, e em respeito a você, eu me calo, me silêncio, para que você possa ouvir o seu interior que quer lhe falar,  desejar-lhe um dia vitorioso  e confirmar que você é especial.
    Eu acredito em você.


    Paulo Roberto Gaefke

  • Segunda-Feira, 05/12/2016

    Mais do que acreditar

    Se você acredita que algo é possível, tentará realizá-lo. Se você sabe que algo é possível, esse algo acontecerá.


    Como alcançar um estado além de apenas acreditar, um estado de saber? Agindo. A maior confiança surge ao fazer uma e outra vez. Não existem atalhos. Não existem truques mentais ou tecnológicos. Arregace as mangas e ponha as mãos na massa. Em breve, você não apenas acreditará como também saberá.


    Você pode acreditar que é capaz de correr uma maratona. Mas somente quando você acordar todo dia às cinco da manhã e se exercitar, dia após dia, você saberá que é capaz de correr a maratona.


    Como diz o ditado, ver é acreditar. Da mesma forma, fazer é saber. É ótimo acreditar nas possibilidades. Você pode especular a respeito e imaginar toda sorte de coisas maravilhosas. Mas a ação é o que vai tornar todas essas coisas possíveis.


    Arregace as mangas e comece a agir. Assim você saberá do que é capaz de conquistar. E, sabendo disso com absoluta certeza, você fará com que as coisas aconteçam.

  • Quinta-Feira, 01/12/2016

    Julgamentos

    Havia numa Aldeia um velho muito pobre que possuía um lindo cavalo branco. Numa manhã ele descobriu que o cavalo não estava na cocheira.


    Os amigos disseram ao velho:
    – Mas que desgraça, seu cavalo foi roubado!


    E o velho respondeu:
    – Calma, não cheguem a tanto.


    Simplesmente digam que o cavalo não está mais na cocheira.
    - O resto é julgamento de vocês.


    As pessoas riram do velho.


    Quinze dias depois, de repente, o cavalo voltou.


    Ele havia fugido para a floresta.
    E não apenas isso; ele trouxera uma dúzia de cavalos selvagens consigo.


    Novamente as pessoas se reuniram e disseram:
    – Velho, você tinha razão.


    Não era mesmo uma desgraça, e sim uma bênção.


    E o velho disse:
    – Vocês estão se precipitando de novo.


    Quem pode dizer se é uma bênção ou não?
    Apenas digam que o cavalo está de volta.


    O velho tinha um único filho que começou a treinar os cavalos selvagens.
    Apenas uma semana mais tarde, ele caiu de um dos cavalos e fraturou as pernas.


    As pessoas se reuniram e, mais uma vez, se puseram a julgar:
    – E não é que você tinha razão, velho?


    Foi uma desgraça seu único filho perder o uso das duas pernas.


    E o velho disse:
    Mas vocês estão obcecados por julgamentos, hein?


    Não se adiantem tanto.
    Digam apenas que meu filho fraturou as pernas.


    Ninguém sabe ainda se isso é uma desgraça ou uma bênção…


    Aconteceu que, depois de algumas semanas, o País entrou em Guerra e todos os jovens da aldeia foram obrigados a se alistar, menos o filho do velho.


    E os que foram para a guerra, morreram…


    Quem é obcecado por julgar, cai sempre na armadilha de basear seu julgamento em pequenos fragmentos de informação, o que o levará a conclusões precipitadas.


    Nunca encerre uma questão de forma definitiva, pois quando um caminho termina, outro começa, quando uma porta se fecha, outra se abre…


    Às vezes vemos apenas a desgraça e não vemos a bênção que ela nos traz…"

     

    Osho

Pesquisar artigos anteriores

A redução da estrutura das escolas públicas pode prejudicar ainda mais o nível de ensino?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas