Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Sábado, 18/08/2018

    SECRETÁRIO DE SEGURANÇA CONFIRMA LOMBADA ELETRÔNICA PRÓXIMO A LOCAL ONDE MULHER MORREU EM ACIDENTE NA PRESIDENTE VARGAS.

    No último final de semana do dia 12, um grave acidente de trânsito deixou três pessoas feridas e uma vítima fatal em Passo Fundo. O fato aconteceu na Avenida Presidente Vargas no bairro São Cristóvão, próximo ao Bar 10%. De acordo com o relato policial, um automóvel Fiat Uno com placas de Lagoa Vermelha realizou uma manobra de ré para sair de um estacionamento e acessou a Avenida, quando foi atingido na lateral por um automóvel Volkswagem Golf com placas de Coqueiros do Sul/RS, que trafegava no sentido Centro/São Cristóvão. Com o impacto da colisão, o Fiat Uno capotou várias vezes. Os dois veículos ficaram destruídos e uma mulher perdeu a vida. Na manhã de sexta feira  alguns moradores realizaram um protesto colocando faixas pretas nos postes ao longo da Avenida, próximo do local onde aconteceu o acidente. Lá há uma lombada eletrônica em um lado somente da pista e a reivindicação é de que outra lombada seja colocada. O redutor de velocidade existiu no passado e foi removida ha alguns anos. Em entrevista na Uirapuru, o secretário municipal de Segurança, João Darci Gonçalves da Rosa, reconheceu a necessidade de uma lombada naquele local. Explicou que ele será colocada após um estudo que será realizado e deve ficar pronto em 15 dias. O equipamento que irá para o local será retirado do ponto onde será construído o Passo Fundo Shopping. Conforme o secretário, há um contrato com a empresa que fornece as lombadas e determina quantos equipamentos serão colocados na cidade. Para que uma lombada eletrônica vá para um ponto novo é preciso que ela seja retirada de outro, ou que a licitação fosse totalmente refeita. O secretário afirmou que a região terá total atenção e mudanças que irão além de uma simples lombada para evitar novos acidentes. 

  • Sexta-Feira, 17/08/2018

    Dia D para vacinação contra a polio e o sarampo acontece amanhã na cidade

    Pais e responsáveis devem ficar atentos para o Dia D de Vacinação contra a Poliomelite e o Sarampo, que ocorre amanhã (18) em Passo Fundo. A campanha tem como alvo principal crianças de 1 a 5 anos incompletos (4 anos e 11 meses), mas quem não está com as doses em dia até mesmo adultos, no caso do sarampo, podem se vacinar. Em entrevista na Uirapuru, a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Município, enfermeira Raquel Carneiro, orientou que os pais aproveitem o dia para colocar a vacina em dia nos filhos. Revelou que a meta de cobertura é de 95% das crianças nesta faixa até o dia 31 de agosto, mas até o momento a cidade só atingiu pouco mais de 22%. Isso representa 2.256 crianças vacinadas contra a poliomelite e 2.238 contra o sarampo. Como o dia é especial, todos os CAIS, central de vacinas e salas de vacinação estarão abertos, das 8h às 17h.

     
     
     
     

  • Quinta-Feira, 16/08/2018

    Formato de atacarejo cresce 7% e traz nova realidade para o setor supermercadista gaúcho

    De 21 a 23 de agosto o setor dos supermercados estará com seus maiores representantes reunidos na EXPOAGAS 2018. O evento ocorre em Porto Alegre e traz as últimas novidades para o setor. Em entrevista na Uirapuru, o assessor de comunicação do evento, Francisco Brust, revelou a expectativa de mais de 48 mil pessoas passando pelo evento, movimentando mais de R$ 500 milhões em negócios. Serão também feitos cerca de 800 lançamentos aos supermercadistas. As novidades vão desde produtos alimentícios a equipamentos para os supermercados. Brust destacou que o setor supermercadista deve subir 1% neste ano, mas em especial, há um nicho dentro deste segmento que está crescendo mais rápido. Conforme ele é a nova forma de vender: o atacarejo, que está conquistado o público e desafiando os empresários. O crescimento no último ano desta versão de supermercado foi de 7%, conforme Brust. Nesta modalidade os clientes querem preço, sem deixar a qualidade de lado e também novas opções. A Expoagas chega para também dar atenção a essa nova realidade, explicou.

  • Quarta-Feira, 15/08/2018

    Porto Seco: Receita Federal precisa definir plano de trabalho antes de obra iniciar em Passo Fundo

    O Porto Seco de Passo Fundo é um antigo sonho que chegaria para impulsionar a logística da cidade às margens da BR 285, próximo do bairro Zachia. Em junho deste ano o prefeito Luciano Azevedo esteve reunido, em Brasília, com o subsecretário de Administração Aduaneira da Receita Federal, Marcus Vinícius Pontes, para tratar da instalação do porto seco. No dia 13  a Uirapuru recebeu a informação que já haveria movimentação no local onde seria construído o porto. Em entrevista durante a tarde na Uirapuru, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Carlos Eduardo Lopes Silva, explicou que não se trata do porto, mas sim de alguma obra privada. Conforme o secretário, para que qualquer ação seja tomada rumo à construção do porto é preciso que a Receita Federal, em Brasília, autorize e libere um esquema de operação, definindo como vai trabalhar. O porto seco nada mais é que um local onde produtos de outros países podem chegar, serem fiscalizados, tributados e depois despachados. O mesmo pode ocorrer com produtos nacionais e que serão exportados. Passo Fundo possui muitos destes produtos que acabam tendo mais custos em deslocação até os portos da Receita. Se o porto seco for implementado os empresários locais e regionais ganham e a comunidade também. O secretário revelou que há duas áreas que podem ser usadas para o porto seco, uma na BR 285 e outra na ERS 324, próximo do trevo de acesso a Carazinho. Estas áreas são privadas e empresários estão colocando como opção para facilitar a vinda do porto. Ainda neste ano a prefeitura vai conversar com a Receita Federal novamente na tentativa de acelerar o processo.

  • Terça-Feira, 14/08/2018

    Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

    Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem sacar seus recursos a partir de hoje (14). O prazo ficará aberto até 28 de setembro. Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir desta terça-feira, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. Já a partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018. Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001. Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os rendimentos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988. Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro. Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.

Pesquisar artigos anteriores

Você acha que a imprudência dos motoristas é a causa dos acidentes na ERS 324, entre Passo Fundo e Marau?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas