Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Segunda-Feira, 16/10/2017

    Nova secretária municipal de Saúde, Carla Beatrice Gonçalves assume cargo

    Nesta  segunda-feira, aconteceu a cerimônia de posse da nova secretária municipal de Saúde, a farmacêutica Carla Beatrice Crivellaro Gonçalves, no Gabinete do prefeito de Passo Fundo. Após quase cinco anos no comando da secretaria, Luiz Arthur Rosa Filho pediu afastamento da função para se dedicar à coordenação do Curso de Medicina da IMED.
     
     
    Trajetória

    Carla Beatrice Crivellaro Gonçalves é farmacêutica de formação, possui doutorado em Ciências da Saúde, Mestrado em Ciências Médicas, especialização em Farmácia Hospitalar e Educação das Profissões da Saúde. Atuou nos serviços de farmácia hospitalar dos hospitais da Cidade e São Vicente de Paulo, em períodos diferentes, entre 1990 e 2003.
    A partir de 2003 passou a se dedicar integralmente à carreira acadêmica e hoje é professora de saúde coletiva dos cursos de Farmácia e Medicina da Universidade de Passo Fundo, onde já exerceu os cargos de coordenadora do curso de Farmácia, diretora do Instituto de Ciências Biológica, Coordenadora da Comissão de Integração Docente da Área da Saúde e representante no Conselho Universitário e Comissão Própria de Avaliação. Coordena projetos de Reorientação das Profissões da Saúde para as necessidades do SUS aprovados a partir de editais dos ministérios da Saúde e Educação em parceria da Secretaria Municipal da Saúde de Passo Fundo e UPF. Foi conselheira municipal de saúde de Passo Fundo no período de 2011 a 2013, atuando como delegada nas conferências estadual e nacional de Saúde em 2011.

  • Sábado, 14/10/2017

    Associação Boqueirão Legal fará mutirão de limpeza e pintura para preparo do Natal Ecológico

    No próximo dia 22 a Associação Boqueirão Legal vai fazer um mutirão com moradores do bairro e empresários na Praça Miguel Moretti. A ideia é deixar tudo organizado, com limpeza e pintura do local, para o dia 23, quando terá início a montagem das decorações do Natal Ecológico Boqueirão Legal, que nesse ano completa 10 anos. Quem quiser ainda pode contribuir doando garrafas PETs que serão utilizadas nos enfeites, há um coletor na praça. A abertura do Natal Ecológico vai ocorrer no dia 26 de novembro. A programação vai até o Dia dos Reis, 6 de janeiro de 2018. A presidente da associação, Cláudia Vicentin, destaca que há dez anos foi plantado o espírito de união da comunidade e a cada ano se colhe frutos com a participação de mais pessoas. Apesar de ser uma festa pequena, ela exige uma grande estrutura e conta, hoje, com aproximadamente 100 voluntários, desde a preparação até o último dia do Natal Ecológico. Cláudia explica que essa edição vai envolver ainda mais a comunidade. As empresas e residências que ficam a partir do Notre Dame até a Caravela são convidadas a enfeitar e iluminar as suas fachadas. No dia da abertura do evento todas devem se juntar à praça e iluminar o Boqueirão. A prefeitura vai premiar com um troféu as fachadas mais bonitas. Serão escolhidas uma de empresa e outra de residência. A coordenadora salienta que a festa desperta o espírito do natal presente em todos. Estima-se que no ano passado mais de 30 mil pessoas tenham participado das atividades na praça.

  • Sexta-Feira, 13/10/2017

    CDL nos Bairros: Centro recebe palestra sobre vendas

    “Como obter resultado em um cenário competitivo” é o tema da próxima palestra promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Passo Fundo através do CDL nos Bairros, projeto que busca desenvolver e capacitar empresários e seus colaboradores, além de aproximar entidade e associados. Com o apoio da Universidade de Passo Fundo (UPF), do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), da Cooperativa Sicredi Integração de Estados RS-SC e do SEBRAE, o quarto encontro do ano acontece na próxima segunda-feira, dia 16 de outubro. O palestrante é Clóvis Lumertz – consultor com mais de 30 anos de experiência e diretor da Allcon, empresa de consultoria que já prestou serviços para a Coca-Cola, Bunge, Nike, Tramontina, entre outros. O evento será realizado no Clube Caixeiral, Centro, às 19h30m. Reservas e informações podem ser obtidas com o setor de Desenvolvimento pelo telefone (54) 3045-8804 ou pelo e-mail: [email protected].

  • Quinta-Feira, 12/10/2017

    SIM Rede de Postos comunica que interrupção do fornecimento de GNV em Passo Fundo se deve à obras de melhorias

    A Uirapuru noticiou nessa semana que o último posto de combustível que oferece o Gás Natural Veicular (GNV) estava com o produto suspenso. Em um primeiro momento a Uirapuru foi informada por fontes do setor que haveria um racionamento do produto, o que foi rebatido pela Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul – Sulgás. Dentre outras coisas, a nota afirmava que um problema na pista de abastecimento, onde fica a carreta que descarrega o produto, motivou a suspensão. A Sulgás esclareceu ainda que tão logo a obra de adequação seja feita retomará o abastecimento. Na tarde da última quarta-feira (11) a Sim Rede de Postos, responsável pelo posto que oferece o GNV em Passo Fundo, enviou o seu comunicado oficial sobre o caso dizendo: A SIM Rede de Postos esclarece que interrompeu, por motivo alheio à sua vontade, o fornecimento de GNV em Passo Fundo para fazer obras estruturais na pista de abastecimento. A medida foi tomada atendendo a uma solicitação da Distribuidora Petrobras o que impossibilitou que a manutenção fosse planejada por parte da SIM. Uma empresa especializada nesse tipo de obra foi contratada pela SIM e a previsão é de que os trabalhos sejam concluídos nesta sexta-feira, dia 13 de outubro. Antes de ser liberada para os usuários, a estrutura deve passar por uma validação da Petrobras. Atuando na revenda de combustível desde 1985, a SIM é a maior rede de postos do país com 125 unidades nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. A direção da empresa lamenta os transtornos causados aos clientes de Passo Fundo e reitera a máxima prioridade em resolver junto a Petrobras essa situação”.  SIM Rede de Postos

  • Quarta-Feira, 11/10/2017

    Aumentos tornam gás de cozinha produto de luxo para o povo

    O preço do gás de cozinha já está reajustado. Desde a meia-noite desta quarta-feira ) a Petrobras elevou em 12,9% do botijão de 13kg, o mais utilizado no país. A empresa destacou que o porcentual de reajuste foi calculado de acordo com a política de preços divulgada em 7 de junho e reflete, principalmente, a variação das cotações do produto no mercado internacional. Segundo a Petrobras, o aumento ao consumidor dependerá do repasse das distribuidoras e revendedores, mas, se for integralmente, a estimativa é de que o preço do botijão possa ser reajustado, em média, em 5,1% ou cerca de R$ 3,09 cada. A cada dia uma nova notícia do aumento do gás, o tradicional botijão de gás está saindo da categoria de utilidade pública e se tornando um produto de luxo para o povo brasileiro. Só no mês de setembro foram 2 aumentos praticados pela Petrobras, outro pelas Companhias Distribuidoras, alegando futuros acordos coletivos dos trabalhadores. O GLP, conhecido como gás de cozinha é comercializado pela Petrobras de duas for mas, uma para o destino residencial, outra para fim industrial.

    O mesmo produto possui preços diferenciados. O preço para fim residencial sempre foi mantido em condições que atendessem em especial a classe com menor poder aquisitivo. No entanto, desde junho de 2017, a Petrobras mudou radicalmente sua política de preço.

     O preço nas refinarias passou a ser calculado pela média mensal das cotações do butano e do propano no mercado europeu, convertida em reais pela média diária das cotações da venda do dólar, acrescida de uma margem fixa de 5%, com aumentos ou reduções anunciadas no dia cinco de cada mês. A Petrobras alega que estas medidas visam, equiparar o preço do GLP com mercado externo, seja residencial ou industrial. “Porém estas medidas, não deveriam ser aplicadas da forma que estão sendo. Sem cuidado, agindo como uma empresa focada apenas na lucratividade, a Petrobras atropelou o processo do Governo que busca a garantia do abastecimento, em especial as famílias de baixa renda”, avaliou Alexandre Jose Borjaili, presidente da Associação Brasileira de Revendedores. Diz que a Petrobras de forma impulsiva, ignora seu papel de empresa Estatal, se isentando e ignorando seu compromisso com o abastecimento nacional de um produto essencial como é o gás de cozinha.

     

    Intervenção do governo é indispensável

     

    Para as revendas lidar com esta nova política de preços, está gerando perdas irreparáveis, como a saída de revendas legalizadas do mercado e abertura de um espaço para um mercado ilegal, crescente e com sentimento de impunidade. “Faz-se necessário uma intervenção do Governo Federal, que garanta o livre comércio das revendas e o poder de compra dos consumidores”, disse o dirigente. Segundo Borjaili, há Companhias Distribuidoras que ainda não repassaram todos os aumentos, e por isso notícias quase que diárias de aumento do gás são publicadas. “Certo que neste cenário, tanto as revendas de GLP, como os consumidores estão assumindo uma conta pesada”. A ASMIRG-BR esclarece, que esta política de preços até então ignorada pelas autoridades, está gerando e poderá provocar uma grande crise no abastecimento do gás de cozinha, afetando em especial quem mais necessita, as famílias com baixa renda.

     Preços em Passo Fundo

     A cada aumento determinado pela Petrobras, a venda nas distribuidoras diminui. Em Passo Fundo segundo informações apuradas pela reportagem a queda no período de inverno chegou em 20%, ficando próxima do percentual de vendas no verão. Desde setembro até agora, o preço subiu mais de R$ 10,00 em média. O gás tem preços entre R$ 68,00 e R$ 75,00. Na portaria das revendedoras o botijão fica mais barato, já que não existe a incidência do frete.  

Pesquisar artigos anteriores

Você acha que a lei que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas resolveu o problema da baderna noturna noCentro?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas