Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Segunda-Feira, 12/02/2018

    Termina na quinta-feira prazo para o pagamento do IPTU com desconto

    O contribuinte tem até a próxima quinta-feira (15) para quitar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) com desconto de até 7%. Desses, 4% pela antecipação, 2% para imóveis que não apresentavam débitos com o município até a data de 19 de outubro de 2017, e 1% adicional para estabelecimentos comerciais, industriais ou de prestação de serviços. Já quem optar pelo parcelamento em oito vezes deve ficar atento porque a primeira prestação tem vencimento no dia 15 de março e a segunda no dia 16 de abril. O IPTU é uma das principais receitas do município e representa cerca de 30% das suas arrecadações. Na primeira cota única, com o desconto atrativo de até 20%, um grande número de contribuintes aproveitaram a opção. De um total de 104 mil imóveis, foram pagos 48 mil. Na etapa inicial, Passo Fundo recolheu R$ 22,8 milhões. Para essa, são esperados entre R$ 4 a R$ 5 milhões. A estimativa de arrecadação do IPTU 2018 é de R$ 59 milhões, mas, como todo ano há inadimplências, esse valor deve ficar entorno de R$ 44 milhões. Os recursos do IPTU deverão ser aplicados 35% na área da educação, 15% na saúde e o restante em outras áreas eleitas pela prefeitura. O contribuinte pode emitir a guia de pagamento pelo endereço eletrônico www.pmpf.rs.gov.br, no link IPTU 2018. É preciso informar setor, quadra, lote e sublote na inscrição do imóvel. Na guia para esta modalidade já constam os valores com descontos. Mais informações podem ser obtidas pelo 3311-4222 ou pelo e-mail [email protected]

  • Sábado, 10/02/2018

    Brigada Militar anuncia aumento na fiscalização a suspeitos nas paradas contra arrastões nos coletivos

    Dois casos de arrastões em ônibus foram registrados na nossa cidade neste mês. No mais recente deles, seis bandidos atacaram um ônibus da Coleurb no bairro Leão XIII, fazendo um arrastão nos passageiros e agredindo o cobrador e motorista. Uma quadrilha de 5 indivíduos foi presa na Donária. Eles agrediram pedestres durante um roubo anunciaram que são de fora e chegaram para mandar na comunidade. Em entrevista na Uirapuru, o capitão Marcelo Machado, da Brigada Militar, revelou que houve um ligeiro aumento nos ataques a coletivos neste ano. Enquanto fevereiro de 2017 registrou 14 assaltos, este ano já teve 16, sendo dois na modalidade de arrastão. Explicou que somente um indivíduo assaltou oito coletivos em janeiro, sendo que este já foi preso.Lembrou que houve uma recente ação onde dois criminosos da região metropolitana foram mortos em confronto com a Brigada e não descartou que uma quadrilha de fora esteja agindo nos ônibus. O que a polícia vai fazer é intensificar as abordagens a pessoas consideradas suspeitas, próximas das paradas e também cruzar informações com o setor da inteligência da Brigada, descobrindo quem são os envolvidos. A fiscalização deve começar de forma imediata.

  • Sexta-Feira, 09/02/2018

    PRISMA: Estação Cultural da Gare recebe obras de finalização

    Projetado para ser um espaço direcionado a leitura de mundo, do impresso ao digital, da literatura e das artes aos games, o PRISMA: Estação Cultural da Gare recebe as últimas intervenções com fechamento do pavimento inferior para ampliar a área e acabamento interior com gesso e instalação de ar-condicionado.  Essa é a última etapa realizada para deixar o espaço adequado à finalidade e receber os equipamentos eletrônicos. O PRISMA também terá sistema de segurança. Segundo a secretária de Planejamento, Ana Paula Wickert, “as complementações na edificação foram definidas para ampliar o espaço de atividades, conforme pensado pela equipe que irá desenvolver as atividades no PRISMA, coordenada pela professora Tania Rösing”, destaca. Além do fechamento a edificação receberá instalações elétricas adequadas ao espaço. O investimento para as obras de segurança e fechamento do PRISMA, automatização do local e equipamentos será viabilizado com medidas compensatórias e recursos próprios da Prefeitura de Passo Fundo.

  • Quinta-Feira, 08/02/2018

    Atenção! Semáforo da rua Minas Gerais, esquina com a rua Coronel Chicuta, está em modo amarelo piscante

    A Prefeitura de Passo Fundo, através da Secretaria de Segurança Pública, informa que o semáforo da rua Minas Gerais, esquina com a rua Coronel Chicuta, entrou em funcionamento de modo amarelo piscante. O semáforo permanecerá neste modo por alguns dias, com o objetivo de que os usuários se adaptem ao sistema instalado no local. O equipamento instalado visa dar mais segurança e disciplinar o tráfego no cruzamento. Nos próximos dias também será ligado o semáforo da rua Daltro Filho, esquina com a rua Minas Gerais.

     

  • Quarta-Feira, 07/02/2018

    Empresa Stadbus desiste de recurso para derrubada de liminar que suspende licitação do transporte

    Foi homologado nesta terça-feira  no Tribunal de Justiça de Porto Alegre a desistência do recurso ingressado pela empresa Stadbus para a derrubada da liminar que suspende a licitação do transporte coletivo de Passo Fundo. Com a desistência, o agravo de instrumento não irá para julgamento, como estava previsto para março. A Coleurb também não terá que se manifestar a respeito da liminar. Continua valendo então a decisão do desembargador Irineu Mariani, do Tribunal de Justiça do Estado, que negou o agravo de instrumento da Stadbus. Também está em vigor a decisão cautelar do relator do processo no Tribunal de Contas do Estado, Alexandre Postal, que proíbe a Prefeitura de Passo Fundo de contratar a empresa, com base em impropriedades técnicas do edital. Conforme o Procurador Geral do Município, Adolfo Freitas, a administração ainda terá que prestar esclarecimentos para o Tribunal de Contas, no prazo de 15 dias, ou ingressar com um agravo Regimental, no Prazo de cinco dias. O município poderá optar pelas duas alternativas. O procurador esclarece que a Stadbus ainda não é a vencedora da licitação, ela foi habilitada em duas etapas, restam ainda a apresentação dos documentos e a assinatura do contrato, que foram interrompidas por causa de liminar.

Pesquisar artigos anteriores

A intervenção federal pode ser a saída para resolver problemas na segurança pública de todos os Estados?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas