Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Segunda-Feira, 09/01/2017

    Obra da Escola Parque do Sol: empresa deve ser notificada sobre decisão judicial nesta semana

    A novela envolvendo a construção da escola municipal do Parque do Sol deve ganhar mais um capítulo nos próximos dias. Antes do recesso do poder judiciário, que iniciou no dia 20 de dezembro, através de liminar concedida ao município, o juiz Luis Cristiano Engers Aires, obrigou a empresa MVC a concluir a obra da escola no Parque do Sol.

     

    Na decisão foi determinada a retomada dos trabalhos em 48 horas, com prazo de 90 dias para a conclusão, sob pena de R$ 10 mil por dia de atraso.

     

    Conforme informações obtidas pelo jornalismo da Uirapuru junto a Procuradoria Geral do Município, a expectativa é de que com o fim do recesso no judiciário, a partir desta segunda-feira (09), a empresa seja notificada da decisão.

     

    A partir disso começa a valer o prazo estipulado pelo juiz através da liminar. A Escola de Educação Infantil do Parque do Sol começou a ser construída em 2015 e já sofreu diferenças paralisações pela MVC.

     

    O custo total do projeto é de R$ 1 milhão 530 mil com recursos do governo federal e contrapartida do município. Até o momento, a Prefeitura pagou apenas a parte já feita da obra.  A escola terá a capacidade para atender aproximadamente 230 crianças.

  • Sábado, 07/01/2017

    Entrega da declaração do Imposto de Renda 2017 começa dia 02 de Março

    A entrega da declaração do Imposto de Renda 2017 inicia no dia 02 de março e vai até o dia 28 de abril. O prazo foi anunciado pela Receita Federal nesta sexta-feira (6). A declaração é referente aos ganhos de 2016. A partir do dia 20 será disponibilizado para download os programas Carnê Leão 2017 e Apuração dos Ganhos de Capital. No dia 23 de fevereiro será lançado o programa gerador da declaração. Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, recebem mais cedo as restituições do Imposto de Renda – caso tenham direito. Os valores normalmente começam a ser pagos em junho de cada ano e seguem até dezembro, geralmente em sete lotes. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade.

  • Quinta-Feira, 05/01/2017

    Prefeitura assume Escola Rita Sirotsky e amplia em 100 vagas educação infantil municipal

    A Prefeitura de Passo Fundo assumiu a Escola de Educação Infantil Rita Sirotsky, que era de responsabilidade da Assistência Social Diocesana Leão XIII.Com a medida, o município ampliará o número de vagas para 100.

     

    A secretária-adjunta de Educação, Jeanete Basso, explica que a prefeitura assumiu a escola, devido a instituição ter um foco maior em suas ações na assistência social.Ainda, destaca que a secretaria de Educação precisava ofertar vagas para pré-escola no bairro Santa Marta e região. Explica que nos próximos meses o espaço passará por algumas reformas.

     

    A previsão é que as matrículas irão abrir no mês de fevereiro e a escola comece a funcionar em março.Esclarece que as crianças que são atendidas na instituição não serão desligadas.

     

    Atualmente cerca de 40 crianças frequentam a escola e as vagas serão ampliadas para 100.Também está prevista a contratação de novos professores para atender a escola.


    Atualmente, são 33 escolas municipais de Educação infantil.Com a escola Rita Sirotsky, da Santa Marta, e a Vila Luíza, o número chega a 35 EMEIS.

  • Quarta-Feira, 04/01/2017

    Imposto de Renda: defasagem de 83,12% prejudica contribuintes que deveriam estar isentos

    Um estudo do Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Sindifisco) apontou que as correções abaixo da inflação na tabela do Imposto de Renda gerou uma defasagem de 83,12% desde 1996. Segundo o Sindifisco, o ano passado registrou a maior defasagem anual dos últimos 12 anos.

     

    O proprietário do Escritório Assecon de Passo Fundo, João Machado, explica que, como o governo federal não aumenta as faixas, cada vez mais pessoas estão pagando o imposto de renda.

     

    Ele prevê que se a tabela fosse corrigida pela inflação acumulada, cerca de 30% da população deixaria de pagar o imposto de renda. Hoje, estão isentos quem recebe salário de até R$ 1.903,98. Com a correção, a contribuição aconteceria a partir de R$ 3.460,50.

     

    Desta forma, também só pagaria a tabela máxima quem ganhasse acima de R$ 8 mil. O contador Machado acredita que se não houver reposição inflacionária, em um ou dois anos, a defasagem vai chegar a 100%. Ele destaca que o governo federal está usando o imposto de renda dos empregados e empresários para manter os seus gastos.

     

    Enquanto o governo aumenta a sua arrecadação, o trabalhador tem perda de ganho. Para Machado, o maior prejudicado é o contribuinte que, na atual realidade, não consegue recuperar o que gasta, principalmente com a educação. A única despesa que não é limitada no imposto de renda é com a saúde.

     

    A tabela do imposto de renda de 2017 deve ser publicada ainda nesse mês. Por enquanto, não há previsão se terá reajustes e qual a proporção deles. A expectativa do contador Machado é de que o governo considere o valor da inflação de 2016.

     

    No ano passado, o governo optou por não reajustar a tabela. A última correção foi em 2015, quando o reajuste médio nas faixas de renda foi de 5,60%.

  • Terça-Feira, 03/01/2017

    Novo presidente da Acisa destaca trabalho da entidade e faz projeção para este ano

    A nova gestão da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio (Acisa) de Passo Fundo assumiu os trabalhos nesta segunda-feira (2). A solenidade de posse deve acontecer em março.

     

    O presidente Lamar Sakis ocupava o cargo de vice-presidente de Agronegócio da Acisa. Ele substitui Marco Antônio Mattos, que também integra a diretoria recém-eleita como vice-presidente de Serviços. Sakis destacou a importância da Acisa junto às demandas da comunidade, como a duplicação da ERS-324 e a ampliação do Aeroporto Lauro Kortz.

     

    Afirmou que a Associação continuará com uma posição forte politicamente voltada aos interesses dos passo-fundenses. Sakis ressaltou o compromisso com a realização da Expoacisa 2017, que deverá receber alguns ajustes, conforme pesquisa realizada com os visitantes durante a última edição. Conforme, Lamar Sakis a Expoacisa já está consolidada.

     

    Nesse ano, a Acisa investirá também em uma nova feira focada no agronegócio. A multifeira deve acontecer entre abril e maio. O evento já conta com o apoio de várias instituições como a Universidade de Passo Fundo e o Canal Rural. Sakis explicou que a multifeira precisará de um espaço como a do Parque Walmor Salton para a realização das atividades.

     

    A Acisa conta com mais de 300 empresas filiadas dos setores da indústria, comércio, serviços e agronegócio.

     

Pesquisar artigos anteriores

A redução da estrutura das escolas públicas pode prejudicar ainda mais o nível de ensino?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas