Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Terça-Feira, 21/02/2017

    Município segue regramento do governo para a liberação de produtos da farmácia do Estado

    Depois de um mês indo até a Farmácia do Estado atrás de dieta para um paciente em cama, uma ouvinte foi informada que terá que aguardar mais 30 dias pelo produto. Mas o que fazer nesse período para alimentar o enfermo? Essa é uma realidade vivida por várias pessoas em Passo Fundo. E a situação pode piorar ainda mais em se tratando de criança.

     

    O secretário de Saúde, Luiz Arthur da Rosa, explica que o município é refém da burocracia do Estado. O governo estadual é o responsável pelo fornecimento e pela liberação dos produtos. À Secretaria cabe fazer a solicitação ao Estado.

     

    Luiz Arthur disse que o município se esforça para agilizar o lançamento das informações, que segue uma série de exigências, como receita, laudo e preenchimento de documentos. No entanto, a entrega dos produtos demora entre a 30 a 40 dias, em circunstâncias normais.

     

    Há também casos em que o produto está no estoque, mas a Farmácia do Estado não libera para o paciente, como explica o secretário.

     

  • Segunda-Feira, 20/02/2017

    Governo estadual anuncia quitação de dívidas com hospitais

    O governador José Ivo Sartori anuncia nesta segunda-feira (20), às 10h30, no Salão Negrinho do Pastoreio, Palácio Piratini, a quitação de dívidas do Estado com hospitais.

     

    Em 2016, ficaram pendentes R$ 276 milhões, que começaram a ser pagos no mês de janeiro deste ano. Foi feito o repasse total de R$ 76 milhões a 167 hospitais que prestam atendimento pelo SUS.

     

    Os 49 restantes, que têm os maiores valores a receber, serão pagos por meio de uma linha de crédito do Fundo de Apoio Financeiro e de Recuperação dos Hospitais Privados sem Fins Lucrativos (Funafir). O total é de R$ 200 milhões.

     

    A expectativa é concluir todo o processo até o final deste mês. O pagamento de serviços como exames e consultas, efetuados com recursos do governo federal, está rigorosamente em dia.  

  • Quarta-Feira, 15/02/2017

    Caixa econômica Federal atenderá mais cedo até Sexta Feira para orientar sobre FGTS inativos

    O governo federal liberou ontem o calendário para os saques do FGTS inativo. As contas inativas são aquelas em que o trabalhador saiu da empresa mas não fez o saque do fundo, como quando pede demissão, por exemplo, e hoje está trabalhando em outro local. O calendário ficou assim: nascidos em janeiro e fevereiro sacam a partir de 10 março. Nascidos em março, abril, maio: sacam a partir de 10 de abril. Nascidos em junho, julho, agosto: sacam a partir de 12 de maio. Nascidos em setembro, outubro, novembro: sacam a partir de 16 em junho. Nascidos em dezembro: sacam a partir de 14 julho. Visando orientar quem não conseguiu checar pelo site da Caixa ou por aplicativo sobre se tem este saldo, a Caixa Econômica Federal vai atender mais cedo nesta semana em todo o Brasil e também em Passo Fundo.Nesta quarta, quinta e sexta-feira, todas as agências da Caixa Econômica Federal de Passo Fundo vão atender a partir das 8h para tirar dúvidas. O atendimento segue até as 15h. No sábado, dia 18, as agências localizadas nas ruas Capitão Eleutério e General Canabarro também vão realizar atendimento exclusivo para dúvidas das 9h às 15h.Lembrando que o horário é apenas para tirar dúvidas, já que os saques começam em 10 de março.

     

  • Terça-Feira, 14/02/2017

    Confira o calendário de saque das contas inativas do FGTS

    O governo divulgou nesta terça-feira (14) o calendário de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os saques começam no dia 10 de março, para nascidos em janeiro e fevereiro. Pessoas nascidas em março, abril e maio poderão sacar em abril. Quem faz aniversário em junho, julho e agosto, poderá sacar em maio. Nascidos em setembro, outubro e novembro poderão fazer o saque em junho. Em julho, deverão sacar os nascidos em dezembro. Veja as datas; Nascidos em janeiro e fevereiro: Sacam em março; Nascidos em março, abril, maio: Sacam em abril; Nascidos em junho, julho, agosto: Sacam em maio; Nascidos em setembro, outubro, novembro: Sacam em junho; Nascidos em dezembro: Sacam em julho . Mais da metade dos trabalhadores tem, no máximo, R$ 500 para sacar, segundo o governo. Outros 24% têm saldo entre R$ 500 e R$ 1.500. Os dois grupos representam 80% do total de pessoas com direito a sacar o dinheiro. Os demais têm mais de R$ 1.500 a receber. Antes, só tinha direito a sacar o FGTS de uma conta inativa quem estivesse desempregado por, no mínimo, três anos ininterruptos. Agora, a pessoa que pediu demissão ou foi demitida por justa causa até 31 de dezembro de 2015 vai poder sacar o saldo que ficou na conta.

     Quem tem direito ao saque : Pessoas com saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. O trabalhador deve estar afastado do emprego pelo menos desde o fim de 2015. O trabalhador, no entanto, não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.

     

    Quem está empregado: Quem está atualmente empregado pode sacar o valor de uma conta inativa, desde que o afastamento do emprego anterior tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2015.

     

    Várias contas inativas: É possível sacar o dinheiro de todas as contas inativas, ou seja, aquelas que deixaram de receber os depósitos do empregador por extinção ou rescisão do contrato de trabalho, desde que o afastamento dos empregos anteriores tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2015.

     Consultar o saldo: O trabalhador pode consultar o saldo pelo site da Caixa ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail.

     No aplicativo, é preciso informar o número do NIT e a senha criada para o acesso pela internet. Se ainda não tiver senha, é preciso clicar em "Primeiro Acesso". No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a senha do Cartão Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos seis meses. O beneficiário pode ainda consultar seu extrato do FGTS presencialmente no balcão de atendimento de agências da Caixa. Também é possível ir a um posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão, desde que tenha em mãos a senha. Em caso de problema com essa senha, o trabalhador precisa comparecer a uma agência da Caixa para regularizá-la.  Saque : O trabalhador, se quiser, poderá sacar todo o valor que tem na conta inativa. Com o Cartão Cidadão, poderá ser sacado até R$ 3.000,00 no caixa automático, correspondentes bancários ou nas lotéricas. Valores superiores podem ser sacados no caixa, dentro da qualquer uma das agências da Caixa, quando o valor for liberado. Mas quem não tem o Cartão Cidadão também poderá sacar o dinheiro.

    Documentação para saque : Os trabalhadores que não possuem Cartão Cidadão ou que possuem o cartão, mas irão sacar valor superior a R$ 3.000,00, poderão sacar o FGTS em qualquer uma das agências da Caixa, com seus documentos pessoais, CTPS e o nº do PIS. Quando forem divulgadas as condições definitivas para o saque, será informado se houver necessidade de outros documentos.

     

  • Sábado, 11/02/2017

    Estudantes da rede de ensino privado retornam ás aulas nesta segunda-feira

    O ano letivo para as escolas particulares de Passo Fundo iniciam na próxima segunda-feira (13). Com a volta das aulas também é esperado o retorno do movimento no trânsito do município. Já as aulas para cerca de 13 mil estudantes do ensino fundamental da rede municipal começam na segunda-feira (20). Os professores e os funcionários voltaram ao trabalho na última quarta-feira (15) para planejamento estratégico, reuniões administrativas e últimos ajustes para o retorno dos alunos.As faculdades UPF, IMED, Anhanguera e Faculdades João Paulo IItambém retomam as atividadesno dia 20 de fevereiro. A rede estadual inicia o ano letivo mais tarde, no dia 6 de março.

Pesquisar artigos anteriores

Você concorda em votar no partido e não mais no candidato?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas