Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Terça-Feira, 02/01/2018

    Licitação para novas sinaleiras da Minas Gerais: resultado sai no dia 16

    Instaladas no mês de março do ano passado, as novas sinaleiras dos cruzamentos das Ruas Minas Gerais com a Coronel Chicuta e Minas Gerais com a Daltro Filho devem entrar em operação em fevereiro. Essa foi a afirmação do secretário municipal de Segurança Pública, João Darci Gonçalves da Rosa, durante entrevista na Uirapuru. Segundo ele, será lançada no dia 16 de janeiro a licitação para a compra do sistema que controla os equipamentos. Gonçalves explica que as sinaleiras foram instaladas porque o contrato com a empresa onde foram adquiridas previa a entrega e instalação. Como o município não possuía o temporizador, que regula o tempo de abertura e fechamento do sinal, não foi possível colocá-los em funcionamento. O secretário admite que esses dois pontos são de muito movimento na cidade e que as sinaleiras vão construir para melhorar o trafego e dar mais segurança aos motoristas e pedestres.

  • Segunda-Feira, 01/01/2018

    Dia 1° passa a vigorar o novo salário mínimo

    O  presidente da República, Michel Temer, assinou o decreto que fixa em R$ 954 o valor do salário mínimo em 2018. Atualmente, o mínimo está em R$ 937.O reajuste vale a partir de hoje, dia 1º de janeiro. O reajuste do salário mínimo é menor do que a estimativa que havia sido aprovada pelo Congresso Nacional, de R$ 965. O valor é definido por um cálculo que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores. O decreto presidencial estabelece ainda que o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 31,8, e o valor horário, a R$ 4,34.

  • Sábado, 30/12/2017

    Salário mínimo será de R$ 954 em 2018

    O  presidente da República, Michel Temer, assinou o decreto que fixa em R$ 954 o valor do salário mínimo em 2018. Atualmente, o salário mínimo está em R$ 937. A medida será publicada ainda nesta sexta em edição extra do "Diário Oficial da União". O reajuste valerá a partir de 1º de janeiro. O reajuste do salário mínimo é menor do que a estimativa que havia sido aprovada pelo Congresso Nacional, de R$ 965. O valor é definido por um cálculo que leva em conta a inflação do ano anterior e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores. O decreto presidencial estabelece ainda que o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 31,8, e o valor horário, a R$ 4,34.

  • Sexta-Feira, 29/12/2017

    Feriadão de Ano Novo terá menos movimento na Estação Rodoviária de Passo Fundo do que no Natal

    O Natal deste ano foi um dos mais movimentados na Estação Rodoviária de Passo Fundo, com um fluxo diário superior a 8 mil pessoas e 20 carros extras. O mesmo não deve se repetir para o feriadão de Ano Novo. Conforme a administração da Estação Rodoviária, até o momento as empresas confirmaram somente três carros extras hoje (29) para as cidades de Santa Rosa, Caxias do Sul e Porto Alegre. Isso porque, com estes destinos é possível pegar outras conexões.  Para o sábado serão apenas dois carros extras para Porto Alegre. No domingo será o número normal de veículos, assim como na segunda-feira, dia 1º de janeiro. A expectativa é de que o maior movimento seja hoje e amanhã, com cerca de 7 mil pessoas passando pelo local, somando-se chegadas e partidas. Ainda conforme a administração, a redução no movimento tem como principal fator o costume de muitos em permanecer no seu destino ainda no Natal. Ainda não há informações de reforço nas linhas que levam para o Litoral Catarinense, mas a expectativa é de reforço no número de veículos a partir da segunda quinzena de janeiro.

  • Quinta-Feira, 28/12/2017

    Dezessete adolescentes do Case de Passo Fundo cumprem medida com saída nos finais de semana

    Uma tentativa de homicídio registrada na segunda-feira de Natal, envolvendo um adolescente que cumpre medida no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), trouxe à discussão sobre quais os critérios para a liberação de um internado. Em entrevista à Uirapuru o presidente estadual da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase), Robson Luiz Zinn, explicou que dentro do sistema da Case, há adolescentes que cumprem medidas que possibilitam saídas nos finais de semana. É chamado de Internação Com Possibilidade de Atividade (ICPAI). De maneira rotineira, saem na sexta-feira e voltam na segunda-feira ou saem na véspera de um feriado e voltam depois dele. Segundo Zinn, a autorização de saída é judicial, com base na conduta e no relatório de comportamento dele na instituição. O presidente da fundação explicou que existe um acompanhamento da Fase e do Poder judiciário. O jovem tem horário para sair e voltar e ele não sai sozinho, um familiar ou responsável tem que buscá-lo. No Rio Grande do Sul são ao todo 248 meninos nessa situação. Em Passo Fundo 17 fazem parte do ICPAI, como é o caso do acusado na tentativa de homicídio. Robson Zinn explica que quando um algum interno sai e se envolve em um delito, a Fase recebe a ocorrência policial e ele vai para uma avaliação, dependendo do delito fica suspenso da saída. Disse que o caso de Passo Fundo não é um caso isolado, mas destacou que aquele que se atrapalhar no cumprimento da medida vai voltar para o sistema e receber a punição que vai determinar que ele tem que se restabelecer para o lado do bem. Frisou que não podemos esmorecer por causa de um caso pontual e deixar de acolher e de atender. O presidente da Fase, Robson Luiz Zinn, explicou ainda que hoje todas as unidades no Estado possuem escolas permanentes dentro do sistema, tendo 98% dos meninos matriculados. Ressaltou que a eles é gerado toda a oportunidade de reinserção no mercado de trabalho. Em um turno eles estudam e no outro recebem cursos profissionalizantes.

Pesquisar artigos anteriores

A intervenção federal pode ser a saída para resolver problemas na segurança pública de todos os Estados?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas