Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Quarta-Feira, 16/11/2016

    Projeto que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas deve ser votado até o final do ano

    Nos últimos dias, muitos ouvintes têm relatado a perturbação do sossego público e o consumo irregular de bebida por adolescentes. O município porém, possui desde 2015 um projeto de lei que trata sobre a proibição da venda e o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos. A proposta abrange ainda o controle embriaguez ao volante, venda e consumo irregular de bebida para menores, manutenção da limpeza das ruas e a redução da criminalidade, como brigas e vandalismo ao patrimônio. O horário estabelecido pela Lei, prevê fiscalização inicial das 23h até às 7h da manhã. A fiscalização ficaria a cargo dos órgãos da Prefeitura e da Brigada Militar. O texto do documento prevê também inicialmente multa de pouco mais de R$ 100 para quem infringir a lei. Em entrevista a Uirapuru, o autor do Projeto de Lei, vereador Renato Tiecher (PSB), explicou que este ano a proposta foi desarquivada e está passando por todas as comissões do legislativo. Disse que já está agora está na fase final de análise. Segundo ele, há grandes possibilidades do projeto ser votado até o final deste ano.  O vereador frisou que por ser tratar de um projeto polêmico, precisa ter o máximo de cuidado para que vá para votação sem maiores problemas e ser aprovado.

  • Terça-Feira, 15/11/2016

    Praça Notre Dame começa a ser ornamentada para as apresentações da Cantata Natalina

    A praça que reunirá os milhares de espectadores que vão prestigiar as três apresentações da Cantata Natalina em Passo Fundo já começou a ser ornamentada com símbolos natalinos. Desde a segunda-feira (14), árvore de Natal, trenó, presépio, renas e anjos já integram a paisagem visualizada por motoristas e pedestres que passam pela Praça Notre Dame. As principais atrações desse espaço são uma árvore iluminada de 11 metros de altura, que abriga um presépio e o trenó puxado por quatro renas em tamanho natural, que servirá como local para registrar em fotos a passagem pelo evento. Até a estreia da 10ª edição do evento evangelizador, que acontecerá no sábado (19), acontece, também, a instalação da infraestrutura de iluminação e de sonorização do espetáculo, além da montagem das arquibancadas de onde os corais infantis Notre Dame e Municipal vão entoar as 24 canções que norteiam a representação do nascimento do menino Jesus, sob a perspectiva da Gratidão. Em 2016, a Cantata Natalina vai representar o agradecimento aos artistas e colaboradores, aos apoiadores e patrocinadores e aos espectadores e autoridades que viabilizam a realização do espetáculo. Afinal, conforme a Superiora da Província da Santa Cruz da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora – mantenedora da Rede de Educação Notre Dame -, Irmã Araci Ludwig, a gratidão é um dos principais sentidos do Natal.“A festa ressalta o sentimento de gratidão: pelo encontro entre pessoas e entre o céu e a terra, representado pelo nascimento do filho de Deus, como humano; pela alegria que nasce no coração de crianças e de adultos, esparramando-se pela Terra; pela evangelização que, em Carazinho e Passo Fundo, especificamente, há dez anos, passou a ter como meio às diversas manifestações artísticas que compõem a Cantata”, destaca.

     

  • Segunda-Feira, 14/11/2016

    Saiba o que funciona neste feriado da Proclamação da República em Passo Fundo

    Nesta terça-feira, dia 15, é feriado da Proclamação da República, portanto alguns serviços deixam de funcionar em Passo Fundo. Atendimentos nos Bancos, Correios, lotéricas, INSS, Agência do Sine, Fórum, Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores, Ministério do Trabalho e Emprego não funcionam nesta terça  A coleta de lixo também não será realizada nesta terça-feira. As escolas da rede municipal de ensino não tem aula, as estaduais também aderem o feriado, com exceção daquelas que foram ocupadas em maio e vão recuperar as aulas. O transporte coletivo opera com o horário de domingo. Mercados, supermercados e hipermercados estarão fechados neste feriado. O comércio não abre as portas, com exceção de algumas lojas que poderão abrir em regime de escala, mas estas serão a minoria. No Shopping Bella Città, apenas as áreas de lazer e praça de alimentação funcionarão das 11 as 22h. Todos os serviços devem retornar ao normal a partir da quarta-feira. 

  • Sábado, 12/11/2016

    Condutores que não respeitarem vagas especiais em estacionamentos privados serão multados

    Chamou a atenção dos motoristas a presença da Guarda Municipal de Trânsito dentro do estacionamento do Bourbon Shopping.  Os agentes autuaram diversos motoristas por estacionamento na vaga de deficientes. Com isso muitos motoristas questionaram se é possível que agentes multem estes motoristas em estacionamentos privados.  Conforme a Guarda Municipal de Trânsito, sim. Com as novas alterações do Código de Trânsito Brasileiro, os condutores que não respeitarem vagas reservadas a idosos e pessoas com deficiência física em estacionamentos de edificações privadas, de uso coletivo, receberão multa. A mudança está em vigor desde o início do mês.  A fiscalização já está sendo feita pela Guarda Municipal de Trânsito de Passo Fundo. A infração para quem estacionar sem autorização nessas vagas de supermercados, shoppings, bancos e universidades é considerada gravíssima. O motorista terá que pagar R$ 293,47, mais 7 pontos na carteira de habilitação./ O secretário adjunto de Segurança Pública, Ruberson Stieven, conta que a infração é comum porque essas vagas ficam próximas a entrada dos locais, de fácil acesso.  Ele destaca que, para que a fiscalização seja mais efetiva é necessário que esses locais mantenham as vagas sinalizadas.

     

  • Quinta-Feira, 10/11/2016

    Justiça Federal em Passo Fundo indefere pedido para suspender desativação da base do Ibama no município

    A 1ª Vara Federal de Passo Fundo indeferiu pedido para suspender a desativação da Base Avançada do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no município. A liminar, publicada na tarde de hoje (10/11), é do juiz Rafael Castegnaro Trevisan. O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público Estado do RS (MP/RS) ingressaram com a ação alegando que a base do órgão ambiental tem sob sua responsabilidade 159 cidades da região norte e noroeste. Sustentou que o fechamento da unidade, no próximo mês, não pode ocorrer sem prévio debate com a população atingida e estudos técnicos que demonstrem não haver prejuízo a proteção do meio ambiente. Os autores afirmam ainda que o eventual fechamento deveria ser precedido de um pacto interinstitucional, entre Ibama, secretarias estadual e municipais de meio ambiente, com objetivo de fortalecer as ações protetoras à fauna e flora da região. Entretanto, segundo eles, estes órgãos não foram contatados para a definição de uma estratégia de transição. Ao analisar o caso, o magistrado pontuou que é evidente a relevância dos serviços prestados na área da proteção ambiental pela base do Ibama em Passo Fundo. Entretanto, segundo ele, a decisão da presidência do órgão foi baseada em juízo discricionário da administração. “É um ato de governo que não pode nem deve sofrer interferência do Poder Judiciário, na dinâmica de separação de poderes vigente na República Federativa do Brasil. Somente em casos de manifesta ilegalidade é possível uma interferência externa, pelo Poder Judiciário. Não parece ser o caso”, destacou. O juiz sublinhou que, conforme informado pelos autores, seria precária, em certa medida, a situação atual da unidade local do Ibama no que se refere a disponibilidade de servidores e materiais. “Deve este Juízo presumir, então, que o Poder Executivo esteja tomando a medida com vista à otimização do aproveitamento dos escassos recursos disponíveis”, afirmou. Trevisan frisou que seria inegável o direto da coletividade a um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, assim como a fiscalização efetiva de atos que tragam prejuízo à proteção ambiental. Entretanto, para ele, não “se pode deixar de levar em conta, porém, a autonomia administrativa e financeira da autarquia, assim como do governo federal como um todo, e sua prerrogativa de gestão”.  O juiz indeferiu o pedido de tutela provisória. O mérito da ação ainda será julgado. Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Pesquisar artigos anteriores

A redução da estrutura das escolas públicas pode prejudicar ainda mais o nível de ensino?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas