Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Segunda-Feira, 19/03/2018

    Falta de água atingiu milhares de pessoas no fim de semana

    Na manhã de sábado (17) o rompimento de uma adutora bruta de água da barragem do Rio Miranda ocasionou a falta de água em milhares de moradias no município. A Corsan informou que em torno de 75 mil residências tiveram o fornecimento de água interrompido por conta do problema, que afetou muitos bairros da cidade. As equipes trabalharam durante o sábado e o domingo para reparar o rompimento.

     

    Muitas pessoas que foram prejudicadas com a falta de água no fim de semana entraram em contato com a Uirapuru reclamando da demora da Corsan em reestabelecer o fornecimento de água, que ocorreu na noite de sábado. Em alguns bairros a água voltou as torneiras somente no domingo de manhã.

     

    O gerente da Corsan em Passo Fundo, Flávio Perin, informou que em alguns locais, devido ao alto consumo depois que o fornecimento de água começou a ser reestabelecido, gerou queda de pressão na rede e a demora para que o serviço fosse normalizado.

  • Sábado, 17/03/2018

    Obras da Avenida Brasil iniciam nesta segunda-feira

    A próxima semana iniciará com mudanças na rotina mobilidade dos passo-fundenses. As obras de revitalização da avenida Brasil terão início no dia 19 de março, próxima segunda-feira. Os serviços começarão no turno da tarde, com bloqueio parcial para depósito e organização dos materiais. Na terça-feira (20), os bloqueios já serão sinalizados de maneira definitiva. O trabalho será executado pela empresa Bolognesi Infraestrutura Ltda, vencedora da licitação, com  início será pelo bairro Petrópolis, na pista entre a avenida Rui Barbosa e a rua Dr. Verdi de Césaro, no sentido bairro/centro. A comunidade deve ficar atenta aos desvios sinalizados para realizar deslocamentos pela região. Este trecho, que tem a previsão de ser concluído em 60 dias, é a 1ª etapa da 1ª fase.  Ao todo, a obra terá quatro fases e várias etapas em cada uma delas. A Guarda Municipal de Trânsito estará no local orientando os motoristas. As etapas seguintes são: 2ª etapa – rua Dr. Verdi de Césaro até o trevo da BR 285; 3ª etapa – trevo da BR 285 até a rua Dr. Verdi de Césaro; e 4ª etapa – Dr. Verdi de Césaro até a avenida Rui Barbosa. O prefeito de Passo Fundo, Luciano Azevedo, destaca a importância do apoio da população. “Esta será uma obra que mudará a rotina da nossa principal via. Certamente alguns transtornos podem ocorrer, mas os benefícios serão maiores”. O projeto geral prevê a revitalizada da principal avenida da cidade para recuperar e modernizar a infraestrutura de cerca de 5,5 quilômetros entre o trevo da BR 285 e a rua 20 de Setembro.

    Os desvios


    Para quem trafega no sentido bairro/centro: 
    Quem se dirige ao centro vai trafegar no contrafluxo na avenida Brasil (contramão), com desvio no cruzamento com a rua Dr. Verdi de Césaro (Correios) e retorno para o sentido normal no cruzamento com a avenida Rui Barbosa.


    Para quem trafega no sentido centro/bairro: 
    Quem se dirige ao trevo da BR 285 vai utilizar a rua Morom, que irá operar em sentido único no trecho entre a rua Anita Garibaldi e a rua Dr. Verdi de Césaro. A rua Anita Garibaldi será o último desvio da obra, sendo recomendável que os motoristas efetuem o desvio para a rua Morom antes de chegarem ao trecho em obra pelas ruas Almirante Barroso, Dr. Bozano, Afonso Pena ou Princesa Isabel. O condutor que trafega neste sentido poderá retornar ao fluxo normal na avenida Brasil no cruzamento com a rua Dr. Verdi de Césaro.


    A obra


    As obras estão divididas em três projetos: o primeiro abrange pavimentação, ciclovia, drenagem, acessibilidade e sinalização; o segundo compreende ampliação e substituição da rede de esgoto; e o terceiro inclui melhorias na rede de infraestrutura elétrica. O investimento total será de R$ 17 milhões, incluindo recursos da Prefeitura de Passo Fundo, financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento  (PAC) e convênio com a Corsan. Na parte de pavimentação serão utilizados quatro métodos diferentes, de acordo com a situação atual do pavimento, diagnosticada nos levantamentos técnicos. Em alguns locais, por exemplo, será necessário substituir todo o pavimento, já em outros, apenas a camada de asfalto. Nos pontos de parada de ônibus será executado pavimento em concreto para evitar deformações excessivas. O caminhódromo e a ciclovia terão cerca de dois quilômetros de extensão, do trevo da BR 285 até a rua Rodrigues Alves, no bairro Petrópolis. Já os passeios públicos serão adequados às normas de acessibilidade em todos os trechos. A rede de infraestrutura elétrica e lógica será implementada em toda a extensão da obra e servirá, futuramente, para receber por via subterrânea a iluminação dos canteiros centrais, a rede de fibra ótica para o sistema de videomonitoramento e a rede de lógica para implantação de sistemas de informatização das áreas públicas do município. Por último, a rede de drenagem será modernizada para evitar alagamentos.

    As próximas fases


    Obras da Avenida Brasil – 2ª fase | Avenida Rui Barbosa – rua Rodrigues Alves
    A 2ª fase abrange o trecho que vai da avenida Rui Barbosa até a rua Rodrigues Alves. Nesta fase, a cada duas ou três quadras a avenida deverá ser fechada totalmente. Os fluxos de desvios serão pelas ruas Morom e Paissandú. Obras da Avenida Brasil – 3ª fase | Rua Rodrigues Alves – Jacinto Vilanova. Fechando um ano de obra, de acordo com a previsão, a 3ª fase vai da rua Rodrigues Alves até a rua Jacinto Vilanova.

    Obras da Avenida Brasil – 4ª fase: 
    Esta fase será planejada posteriormente. O primeiro ano de obras será utilizado de modelo para organizar as intervenções que serão feitas na área central, onde há mais fluxo de trânsito com veículos e pedestres.

     

  • Sexta-Feira, 16/03/2018

    Federação Gaúcha de Ciclismo estará em Passo Fundo no final de semana para alertar sobre segurança no esporte

    A equipe Tomates Team de Ciclismo, com apoio da Prefeitura Municipal de Passo Fundo e do 1° Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, promove a 2ª etapa do Campeonato Gaúcho de Ciclismo neste final de semana. Atletas profissionais e amadores de todo o Estado competem por uma classificação no Ranking Gaúcho de Ciclismo.

     

    Será neste sábado (17) e no domingo (18), na ERS-153, no trecho que compreende Passo Fundo e Tio Hugo. O vice-presidente da Federação Gaúcha de Ciclismo (FGC), Marcelo Sgarbossa, participará do evento para orientar motoristas e ciclistas sobre a prática deste esporte e os cuidados no trânsito. De acordo com o vice-presidente, até o momento mais de 260 inscrições foram realizadas.

     

    Conforme o presidente, após muitos anos, Passo Fundo volta a receber a competição que a primeira etapa aconteceu em Sapiranga. Durante o evento, Sgarbossa irá também fazer a divulgação da campanha de proteção ao ciclista, que está em andamento. Adesivos serão distribuídos com o objetivo de dialogar com a comunidade sobre a importância da convivência pacifica no trânsito. No mês de fevereiro, Passo Fundo foi palco de um atropelamento, onde o médico Jonatas Conterno, acabou sendo morto enquanto praticava o esporte. Conforme o vice-presidente o caso acabou repercutindo e comovendo o Brasil todo, porém não é isolado.

     

    O vice-presidente, disse que infelizmente no Rio Grande do Sul, os casos de acidentes envolvendo ciclistas ainda são grandes. A campanha destaca a distância legal de um metro e meio que um veículo deve manter das bicicletas, assim como prevê o Código de Trânsito Brasileiro.

  • Quinta-Feira, 15/03/2018

    Sartori promete envio de PMs para interior do Estado

    O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, participou de um evento na tarde de ontem (14), em Porto Alegre, com a participação de empresários. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual foi questionado sobre Segurança Pública.

     

    Sartori prometeu enviar policiais militares aos municípios do interior, mas anunciou um novo critério. Segundo ele, terão prioridade as cidades que trabalharam de forma integrada com o estado nos últimos anos, como, por exemplo, firmando parceria entre Guarda Municipal e Brigada Militar.

     

    "Quem colaborou nos municípios, os novos soldados que vão se formar na Brigada Militar, não vão mais para onde tem um lugarzinho, vão para quem participa, quem colabora, e quem é solidário. Caso contrário, será de outra maneira", afirmou.

     

    O governador também sinalizou a possibilidade de pagar em dia os salários dos servidores públicos estaduais ainda neste ano. Ele relatou que o aumento da alíquota do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) impediu atrasos maiores nos salários.

     

    "Não fosse isso, com certeza teria, sim, atrasado os salários, em torno de dois ou até três meses de salários que não teriam sido pagos, e iria afetar comércio, ia afetar todo mundo", salientou.

     

    Sartori defendeu, ainda, a adesão do estado ao Regime de Recuperação Fiscal, o que vai permitir suspender o pagamento da dívida com a União por três anos. Ele garantiu que a medida possibilitaria manter no caixa do tesouro gaúcho R$ 11 bilhões.

     

    *G1

  • Quarta-Feira, 14/03/2018

    Mundo perde o gênio da ciência, Stephen Hawking

    O mundo perdeu na tarde de ontem (13) o físico e pesquisador britânico Stephen Hawking, considerado o gênio da física e inspiração para muitos outros cientistas.

     

    O físico se tornou um dos cientistas mais conhecidos do mundo ao abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo. No final da década de 1960, ganhou fama com sua teoria da singularidade do espaço-tempo, aplicando a lógica dos buracos negros a todo o universo. Ele detalharia o tema ao público em geral no livro "Uma breve história do tempo", best-seller lançado em 1988. Em 2014, sua história de vida foi contada no filme “A teoria de tudo”, vencedor de um Oscar.

     

    O físico também se tornou um símbolo de determinação por ser portador da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e ter sobrevivido a ela por décadas. A doença degenerativa fez com que conseguisse, em certo ponto, mover apenas um dedo e os olhos voluntariamente. A cadeira de rodas e a crescente dificuldade para se comunicar não o impediram, no entanto, de seguir sua carreira, já que sua capacidade intelectual permaneceu intacta.

     

    Quando completou 21 anos, Hawking foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). A doença causa morte dos neurônios motores, que são as células nervosas responsáveis por todos os movimentos do corpo. Aos poucos, os pacientes perdem a capacidade de se mover, de falar, de engolir e de respirar.

     

    Por isso, Hawking vivia em uma cadeira de rodas e era dependente de um sistema de voz computadorizado para se comunicar com as pessoas.Ele teve três filhos. Casou-se pela primeira vez em 1965 com Jane Hawking e se separou em 1991. Em 1995, teve seu segundo casamento com a enfermeira Elaine Mason e se divorciou em 2006.

     

    *G1.

Pesquisar artigos anteriores

Você acha que a Assembleia Legislativa deve autorizar o governo a ouvir a população sobre a venda de estatais?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas