Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Valdir Mello

  • Segunda-Feira, 26/01/2015

    Após um ano a espera de liberação crematório de Passo Fundo já está operando

    Uma luta de anos , com muito esforço e de interesse de toda a comunidade. Assim foi denominada a chegada do Crematório de Passo Fundo, anexo ao Memorial da Vera Cruz, onde desde o dia 19 de janeiro está funcionando o serviço de cremação. O sistema é um dos mais  modernos oferecidos no Estado, trazendo segurança total na operação, que hoje é uma das formas mais econômicas, sendo mais barato que um enterro convencional. O diretor do Memorial da Vera Cruz, Felipe Badotti, explicou que o impedimento para o crematório operar era apenas uma questão de licença a ser liberada, um processo lento e burocrático, mas que como o local sempre atendeu todos os requisitos, no final deu certo. Com preços partindo de R$2,800 Reais, o serviço de cremação já está sendo procurado não só pelo interior do Rio Grande do Sul, mas também por outros Estados, como Santa Catarina. Badotti explicou que o serviço traz além de economia muita praticidade, pois para a cremação não é mais preciso enfrentar longas viagens até grandes centros. Para saber mais sobre o serviço os interessados podem entrar em contato pelo telefone 3314-6126./A inauguração oficial do crematório ocorre nesta quinta-feira, 29 de janeiro.

  • Sábado, 24/01/2015

    Setor imobiliário retraído continua sendo uma opção para investimentos seguro

     O setor imobiliário de Passo Fundo foi um dos que mais cresceu  entre 2009 e 2011. No entanto, esta realidade começou a mudar e as vendas, conforme informações do setor, têm reduzido consideravelmente. Em contraponto tem se visto muitos prédios sendo construídos na cidade. Conforme explicou  Plínio Donassolo, presidente do  SINDUSCON - Sindicato Indústrias Construção do Mobiliário Passo Fundo, as vendas tiveram um leve recuo em 2014, por conta da economia no Brasil./ Com o atual pacote que eleva os juros do financiamento habitacional, a expectativa é de que 2015, novamente, apresente números abaixo do esperado. Para Donassolo  mesmo com estes fatores, investir em imóveis é, ainda, a melhor opção de mercado para quem quer ter retorno garantido.

  • Sexta-Feira, 23/01/2015

    Programa mais médico: Seis novos profissionais irão atuar em Passo Fundo

    O município se inscreveu no Programa Mais Médicos do Governo Federal em seu quinto ciclo, em abril de 2014 e recebeu quatro médicos brasileiros e quatro estrangeiros que atuam nas Estratégias de Saúde da Família. Na semana passada, o Ministério da Saúde publicou novo edital do Mais Médicos e Passo Fundo está entre os 1500 municípios que podem solicitar profissionais. O secretário de saúde, Luiz Artur da Rosa Filho afirma que vai inscrever a cidade novamente e solicitar o preenchimento das seis vagas abertas pelo programa para Passo Fundo. De acordo com Luiz Artur, não há falta de médicos nas unidades de saúde do município, o que ocorre ainda é hipossuficiência, ou seja, em alguns locais deveria ter médico 40 horas e, eventualmente, tem-se 20 horas. Para o secretário, uma das grandes vantagens do programa é o fato dos médicos receberem a remuneração do Governo Federal. O valor da bolsa-remuneração paga foi atualizada e hoje é de R$ 10 mil 513 reais.

  • Quinta-Feira, 22/01/2015

    Doação de sangue cai 40% em período de férias mas demanda segue elevada

    O período é de férias, mas se engana quem pensa em calmaria, é nesta época também que ocorrem muitos acidentes de trânsito./Em contrapartida o número de doações diminui. Conforme dados do HEMOPASSO, a média de doações para dezembro ficou em 1 mil voluntários, suficiente para a demanda local. Segundo a coordenadora de captação do Hemopasso, Alexandra Mazoca, a queda de doações em janeiro foi de 40%. A demanda é grande e Alexandra pediu a quem puder doar, que se dirija ao Hemopasso, das 8h ás 13h30min, de segunda a sexta-feira e aos sábados, das 7h às 11h. Podem doar pessoas com idades de 18 a 60 anos, sem problemas de saúde e com peso superior a 50 kg. Os tipos sanguíneos mais requisitados são o O+ e o A+, mas todos os tipos são necessários.

  • Quarta-Feira, 21/01/2015

    Prefeitura estuda convênio com catadores para recolhimento de lixo linha branca

    A Prefeitura estuda realizar um convênio com entidades para recolhimento e descarte de lixo reciclável da linha branca e criação de um Ecopátio. Muitas vezes móveis, refrigeradores, fogões, guarda roupas e outros objetos de maior porte e sem uso são deixados em frente às residências e no centro da cidade, causando  transtornos. O prefeito em exercício Juliano Roso, na companhia do secretário adjunto do Meio Ambiente, Rubens Astolfi, recebeu ontem representantes da Associação de Catadores e Tropeiros de Passo Fundo, e do projeto Minuano, que apresentaram a proposta. A Prefeitura já conta com um caminhão-baú, adquirido junto ao Fundo de Gestão Compartilhada com a Corsan para fazer o recolhimento deste material, que está sendo operado pela secretaria de Transportes e Serviços Gerais.

Pesquisar artigos anteriores

Você concorda em votar no partido e não mais no candidato?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas