Vinda de escritório regional do Ministério da Cultura pode trazer economia e agilidade para captação de verbas

Créditos: Divulgação

O prefeito Luciano Azevedo solicitou na última terça-feira (13) ao governo Federal, em Brasília, a instalação de um escritório regional do Ministério da Cultura em Passo Fundo. Ele esteve acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Daneli, e do secretário de Gestão, Diorges Oliveira. O escritório atenderia Rio Grande do Sul, Santa Catarina e parte do Paraná.

Em entrevista na Uirapuru, o secretário municipal de Cultura, Pedro Almeida, explicou que hoje o único escritório da pasta no Estado está em Porto Alegre e atende mais de mil cidades, o que não cria um canal de rápido acesso.

Passo Fundo, que é a Capital Nacional da Literatura, quer se destacar ainda mais e ter aqui um escritório específico do Ministério da Cultura. Com uma unidade aqui não seria preciso fazer uma viagem até Porto Alegre ou Brasília para uma proposta cultural ao governo. Isso traz economia e agilidade nos processos para angariar verbas. Almeida destacou que a Jornada Nacional de Literatura terá uma verba federal de R$ 500 mil para 2019, o que pesa no destaque cultural da cidade.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas