Carnê de IPTU pode ser pago em cota única, com vencimento em 2 de janeiro de 2019

Créditos: Reprodução/Internet

Os contribuintes que quiserem antecipar o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e aproveitar o desconto máximo de até 20% já podem emitir a guia de pagamento. O carnê de IPTU pode ser pago em cota única, com vencimento em 2 de janeiro de 2019, ou em até oito parcelas. A primeira opção para emitir a guia é acessar o site da Prefeitura de Passo Fundo (www.pmpf.rs.gov.br) e clicar no link IPTU 2019, na seção Destaques. O contribuinte também pode obter a guia em seu próprio banco.

Todos os boletos de IPTU foram lançados no DDA (Débito Direto Autorizado), ficando assim disponíveis no próprio banco para o pagamento. Basta acessar a conta bancária e a opção DDA para visualizar o boleto. IPTU com até 20%: para pagamento com desconto de até 20% deve ser utilizada a guia de cota única 1, com vencimento em 2 de janeiro de 2019, desconsiderando as demais parcelas. O vencimento é em 2 de janeiro de 2019. IPTU com até 7%: para pagamento com desconto de até 7% deve ser utilizada a guia de cota única 2, com vencimento em 15 de fevereiro, também desconsiderando as demais parcelas. O vencimento é em 15 de fevereiro de 2019.

Na primeira oportunidade de pagamento em cota única, os descontos são de 10% pela antecipação e 5% para imóveis que não apresentam débitos com o município até a data de 18 de outubro de 2018. Poderá ainda ter um adicional de 5% de desconto para estabelecimentos comerciais, industriais ou de prestação de serviços.

Para pagamento parcelado e sem desconto o contribuinte pode desconsiderar as cotas únicas e utilizar as guias restantes de parcelamento; O vencimento da primeira parcela será em 15 de março de 2019. As guias têm validade até o vencimento e, após a data, devem ser novamente emitidas no endereço eletrônico www.pmpf.rs.gov.br.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas