Aproximadamente 16 mil alunos retornam às aulas nesta segunda-feira

Créditos: Gabriel Nunes/Rádio Uirapuru

Nesta segunda-feira (18) aproximadamente 16 mil alunos retornam às aulas na rede pública municipal. O ano letivo inicia tanto para Educação Infantil quanto para o Ensino Fundamental. Na sexta-feira passada (15), os professores participaram de uma Aula Magna em preparação às atividades escolares.

Participando do programa Repórter do Povo e a Municipalidade de sábado (16), o secretário de Educação, Edemilson Brandão, falou sobre as expectativas para este ano. Destacou que recentemente foram chamados 54 profissionais para compor o quadro. O município possui entre 1.200 a 1.300 professores.

O secretário contou que houve um aumento significativo de novos alunos na rede pública. Surpreendeu a quantidade de crianças e adolescentes que vieram de outros municípios e estados. Para o secretário Brandão, a procura pelas escolas públicas municipais se deve, primeiro, pela qualidade e, segundo, pelas políticas públicas oferecidas.

Brandão destacou, como atrativos, o uniforme, a merenda, o transporte escolar gratuito para aqueles estudantes que estão fora do seu zoneamento, o programa Olhar de Criança e o projeto Destino Urbe. Ressaltou que em momentos de crise econômica, muitos deixam a rede particular até mesmo pelo aumento das mensalidades, que são comuns, e outras redes deixam de ser interessantes pela questão da instabilidade e pela falta de investimentos.

Já a rede estadual de ensino, que conta com 32 instituições na cidade, irá iniciar o ano letivo na próxima quarta-feira (20). A maioria das escolas particulares já deram início às atividades escolares deste ano. Nesta semana também tem início as aulas da Faculdade Anhanguera, para calouros, da Faculdade João Paulo II e da Universidade de Passo Fundo.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas