Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Emprego

Publicada em: 26/12/2016 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Atualização das leis trabalhistas garantirá cinco milhões de empregos, afirma Ministro do Trabalho

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação
Atualização das leis trabalhistas garantirá cinco milhões de empregos, afirma Ministro do Trabalho

O governo federal vai enviar ao Congresso Nacional já no início de janeiro o projeto que atualiza a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). A CLT foi criada em 1943 para proteger o trabalhador.

 

Em entrevista à Rádio Uirapuru, o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, explicou que as novas medidas não desconstituem os direitos conquistados pelo trabalhador, mas faz o aprimoramento delas. Ele esclareceu que o 13º, as férias, o vale-transporte e o vale-refeição estão assegurados.

 

Afirmou que a jornada de trabalho não vai ultrapassar as atuais 220 horas mensais. Ronaldo Nogueira disse que o Congresso Nacional não vai deliberar contra o país e aprovará o projeto sem problemas. As novas medidas apresentadas pelo governo dão poder de lei aos acordos das convenções coletivas, que podem deliberar sobre o parcelamento das férias anuais em três vezes.

 

No entanto, Nogueira ressalta que essa decisão deve seguir os interesses do trabalhador. Segundo o ministro, todas as medidas são boas para o trabalhador, para o empregador e para o Brasil. O objetivo do executivo é enfrentar o desemprego. De dezembro de 2014 a dezembro de 2015 foram fechados mais de um milhão de postos de trabalhos no Brasil.

 

O ministro Nogueira disse que o projeto vai criar oportunidades para os brasileiros. O empresário vai ter segurança jurídica e voltará a empregar, e o trabalhador vai ter segurança no seu contrato.

 

Com a regulamentação do trabalho temporário e do contrato parcial, Nogueira estima que nos próximos dois anos sejam criados entorno de cinco milhões de empregos. Ronaldo Nogueira destacou que o brasileiro não quer esmolas, quer oportunidades e é isso que o governo está propondo.

 

O texto estabelece que a contratação de um trabalhador temporário poderá ter duração de até 120 dias, podendo ser prorrogado uma vez dentro do mesmo contrato. Já o regime de tempo parcial de trabalho poderá ser de até 30 horas, sem hora extra, ou de 26 horas semanais com possibilidade de 6 horas semanais.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Jornal das Sete

com Ieda Almeida e Régis Leonardo

Quarta-Feira

das 07:00 às 07:50

ouça ao vivo



Você é a favor do fechamento do Parque da Gare pelo período da noite?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas