Passo Fundo Futsal pede incentivo financeiro

Créditos: Amanda Peres/Câmara de Vereadores

Na reunião da Comissão de Patrimônio e de Desenvolvimento Urbano e Interior (CPDUI) desta segunda-feira (5), os vereadores escutaram o pedido de apoio do Passo Fundo Futsal. O clube disputa a Série Prata do futsal gaúcho e está próximo de voltar à elite do Rio Grande do Sul. O problema é que a diretoria alega ter uma despesa alta para manter a equipe.

O Passo Fundo Futsal tem um custo mensal de cerca de R$ 10 mil somente com a locação e gastos para usar o Ginásio do Capingui e luta para ter uma contrapartida do Município. “Pagamos esse valor e emprestamos o ginásio, sem custo, para a Prefeitura realizar alguns projetos”, declara o representante do clube, Atílio Gonçalves.

Uma das ideias também era de uma possível parceria entre o Passo Fundo Futsal e o Sport Clube Gaúcho, de forma que a equipe de futsal pudesse utilizar o Ginásio Teixeirinha para fugir do aluguel com a quadra. O ginásio municipal está cedido por 20 anos ao Gaúcho, que venceu a licitação e assumiu o compromisso legal de reformar e fazer melhorias no local.

Os representantes do clube, no entanto, alertaram que o piso atual do ginásio, que é de cimento bruto, impossibilita o uso para futsal. Eles enfatizaram, ainda, que a obra para recolocar um piso adequado foi orçada em torno R$ 150 mil, recursos que a entidade não dispõe.

Organizador do encontro, o vereador Claudio Rufa Soldá (PP), disse que é importante que o Município olhe para a importância do esporte e disponha de mecanismo para auxiliar o seu desenvolvimento. “O Passo Fundo Futsal tem lutado muito para crescer e levar o nome de Passo Fundo. No último sábado, virou a disputa contra a ADCH, de Salto do Jacuí, e se classificou para as semifinais da Série Prata”, identificou.

O secretário de Esportes, Gilberto Bellaver, disse que precisaria de um parecer jurídico para afirmar se a Prefeitura pode ou não investir recursos na reconstrução da quadra, já que o local está cedido por licitação. Giba admitiu que o município carece de um ginásio para realizar os jogos de integração das escolas municipais e para desenvolver modalidades esportivas como o vôlei, o basquete e o próprio futsal, que hoje depende da disponibilidade das escolas que cedem seus ginásios para a realização dos campeonatos.

O secretário municipal se comprometeu a marcar uma reunião com o prefeito, Luciano Azevedo, para procurar soluções de apoio ao Passo Fundo Futsal.

O encontro contou com a participação dos vereadores Aristeu Dalla Lana (PTB), Ronaldo Rosa (SD), Luiz Miguel Scheis (PDT) e Renato Tiecher (PSB).

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas