Servidores do Rio Grande do Sul que recebem até R$ 1,3 mil tem salários depositados nesta segunda-feira

Créditos: Leandro Osório/Especial Palácio Piratini

Os servidores estaduais que ganham até R$ 1,3 mil tiveram o salário depositado na manhã desta segunda-feira (12), conforme o governo do Rio Grande do Sul. É a primeira faixa relativa ao mês de outubro. Pela primeira vez, o funcionalismo começa a receber no mês seguinte ao dos vencimentos. A primeira faixa costuma ser depositada entre os dias 28 e 31 do mês vigente.

Com os depósitos, o governo paga 22% da folha, o que corresponde a 27 mil matrículas. O funcionalismo do Poder Executivo recebe de forma escalonada desde setembro de 2017. Antes, já recebia de forma parcelada. No escalonamento, quem ganha menos tem o depósito realizado primeiro.

Conforme a Secretaria da Fazenda, para quitar salários de até R$ 1,3 mil foram necessários R$ 79,3 milhões. Na virada do mês, houve possibilidade financeira apenas para realizar o depósito da 10ª parcela já atualizada do 13º salário de 2017 para todos os servidores, o que representou R$ 110 milhões, ainda segundo o governo. Houve também o repasse da indenização pelo atraso da folha do mês de setembro no valor de R$ 1 milhão.

Com o início da arrecadação mensal do ICMS, a Fazenda informou que realizou, na sexta-feira (9), o repasse das consignações relacionados à folha do mês de setembro, o que representou R$ 180 milhões. São valores que o servidor autoriza o desconto nos seus vencimentos, como empréstimos e contratação de serviços junto aos bancos ou entidades sindicais. Do total, o principal repasse é para o Banrisul, que chega a R$ 131 milhões.

As próximas quitações ocorrerão de acordo com a receita. A parte líquida da folha de outubro fechou em R$ 1,228 bilhão, de acordo com o governo, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla neste mês mais de 342 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

Folha de outubro

Dia 31/10 – 10ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 110 milhões;
Dia 31/10 – Indenização pelo atraso/folha de setembro – R$ 1 milhão;
Dia 5/11 – Quitação salários das fundações – R$ 25 milhões;
Dia 12/11 – Até R$ 1,3 mil líquidos (26.857 matrículas no acumulado) – R$ 79,3 milhões.

*G1

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas