19 Imóveis da Semeato são vendidos e dívidas trabalhistas começam a ser pagas neste ano

Créditos: Arquivo/Rádio Uirapuru

De 32 imóveis da Semeato colocados à venda para cobrir dívidas da empresa com questões trabalhistas, 19 foram comercializados. Conforme o juiz da 3ª Vara do Trabalho de Passo Fundo, Dr. Marcelo Caon Pereira, os valores dos imóveis totalizam 2 milhões, 449 mil e 800 reais. Nem todo o arrecado vai entrar de imediato no processo.

 

Um pouco mais de 1 milhão e 100 mil reais foram negociados à vista e o restante concretizado a prazo, em 36 meses. O prédio da Fábrica 4, localizado na Vila Industrial, não obteve interessado.

 

O Dr. Pereira explica que todos aqueles que possuem ações trabalhistas habilitadas no processo de execução contra a Semeato, que tramitam na 3ª Vara de Trabalho, vão receber uma fração do crédito que têm direito. Isso deve acontecer até o final do ano.

 

O juiz ressalta que, obviamente, os valores ainda não são suficientes para o pagamento de toda a dívida, em razão disso, em breve, será feita uma nova rodada de venda de imóveis. Mais 13 imóveis, com maior valor de mercado, foram postos em avaliação e no prazo de 15 dias se terá um encaminhamento sobre eles.

 

Conforme o último levantamento da 3ª Vara do Trabalho, são mais de 540 ações na justiça contra a Semeato, que juntas totalizam aproximadamente R$ 42 milhões, somando créditos dos trabalhadores com outras despesas.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas