63ª Romaria De Ibiaçá espera receber cerca de 120 mil fiéis neste final de semana

Cerca de mil voluntários trabalham para a realização da romaria

Créditos: Divulgação

Há 63 anos, todo último final de semana de fevereiro, milhares de romeiros tomam as ruas do município de Ibiaçá. A tradicional Romaria a Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos, idealizada pelo padre Narciso Zanatta, em 1952 – ainda antes de a pequena vila tornar-se um município – fez do lugar referência em fé, devoção e participação da comunidade. Todos os anos, mais de 100 mil pessoas vão até o santuário para participar das celebrações e procissões em homenagem à santa.

 

Muitos, inclusive, percorrem longos trajetos a pé, como forma de penitência e agradecimentos. A 63ª edição, realizada neste final de semana, tem como tema “Pelas mãos da Mãe Consoladora, uma vida de paz”.

 

De acordo com o Reitor do Santuário, Padre Edson José Priamo, o evento religioso, que é considerado um dos maiores do Sul do Brasil, recebe cada vez mais fiéis que buscam se aproximar de Deus e procuram, através de Maria, uma luz para orientar suas vidas. Ele acredita que a romaria se diferencia de outras atividades religiosas, que fazem parte da rotina normal das paróquias, pela espiritualidade voltada à vivência do ser humano.

 

Outro fato que marca o evento é a dedicação da comunidade. Cerca de mil voluntários trabalham para a realização da romaria.  Missa campal acontece amanhã à noite, às 19h 30min, que conta com procissão luminosa e presença do Carro Andor.

 

Além desta, a celebração do domingo de manhã e a bênção final, às 15 horas, são os momentos principais do evento. Desde 2012, através da Lei Estadual 297/2012, a Romaria faz parte do Calendário Oficial de Eventos do Rio Grande do Sul. A programação completa e as fotos das celebrações estão disponíveis no site .

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas