Atenção beneficiários de programas sociais: cadastro desatualizado pode suspender ajuda do governo

Créditos: Gabriel Nunes/Rádio Uirapuru

As pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) têm até dezembro para se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O registro é obrigatório. O benefício mensal no valor de um salário-mínimo é voltado para idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência com renda familiar de até um quarto de salário-mínimo por pessoa (R$ 238 reais).

O secretário de cidadania e assistência social, Wilson Lill, cita o BPC injeta na economia de Passo Fundo um valor próximo da R$ 35 milhões por ano. É o maior programa de transferência de renda do governo federal. Para fazer o cadastro único o beneficiário ou responsável familiar pode procurar um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) para atualizar o cadastro.

Para idosos e pessoas com deficiência que tenham dificuldade de deslocamento, a inscrição pode ser feita pelo responsável familiar. O secretário diz o governo está exigindo a atualização das informações sob pena de suspender o benefício.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas