Violência nas escolas: promotor afirma que mídia e redes sociais banalizaram agressões

Créditos: Gabriel Nunes/Rádio Uirapuru

O caso de uma adolescente que esfaqueou um colega dentro da sala de aula da Escola Cecy leite Costa, na tarde da última quinta-feira (1º) chamou a atenção para a chegada da violência às escolas da cidade. Programado ainda antes deste fato, o Movimento pela Paz Sepé Tiaraju chega para conscientizar a comunidade escolar e as famílias sobre a necessidade da prevenção da violência.

O movimento terá sua abertura no próximo dia 8, às 19h30, na Feira do Livro de Passo Fundo. No dia 9 serão feitas oficinas simultâneas na Escola Nicolau de Araújo Vergueiro, trabalhando o assunto. As atividades vão até o dia 10, sábado, com o encerramento no Parque da Gare.

Falando na Uirapuru sobre a violência que agora chega também nas escolas da nossa cidade, o promotor João Paulo Cardoso, que participa do movimento pela paz, explicou que é preciso trabalhar o assunto desde casa, continuando nas escolas. Na avaliação do promotor os adolescentes estão expostos à banalização da violência através da mídia e redes sociais. Para o promotor os pais devem ficar atentos a isso e trabalhar o diálogo.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas