Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Meio Ambiente

Publicada em: 09/03/2017 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Serpentário UPF recebe visitantes na Expodireto

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação UPF
Serpentário UPF recebe visitantes na Expodireto

Sob os olhares curiosos de crianças e adultos, o arrepio de alguns e a admiração de outros, o espaço do Serpentário no estande da Universidade de Passo Fundo (UPF) na Expodireto Cotrijal 2017 desperta a atenção de muitos. No local, estão expostos exemplares de jararaca, jararaca-pintada e cruzeira, dentre as peçonhentas, além de papa-pinto, salamanta e cobra do milho, dentre as não peçonhentas.

 

O casal Rudemar e Sueli Meredike visitaram o espaço do Serpentário na manhã dessa quarta-feira, dia 8 de março. Acompanhados pelo pequeno Danrlei, filho do casal, eles aproveitaram para conhecer as espécies que estão expostas na Expodireto e, ainda, tiraram dúvidas com a bióloga Simone Nunes. Na conversa, relataram que na propriedade onde vivem, localizada no interior de Floriano Peixoto, é comum encontrarem exemplares de jararaca.

 

As serpentes e o ecossistema

 

De acordo com a bióloga do Serpentário, a principal importância das serpentes no ecossistema é o controle de roedores, considerando que os ratos podem causar patologias e danos em espaços de armazenagem. “Muitas vezes, as pessoas matam serpentes, mesmo que não sejam peçonhentas”, afirma Simone, destacando que é preciso preservar todas as espécies e conhecer os hábitos desses animais para evitar acidentes.

 

A participação na feira, conforme ela, além de desmistificar o conhecimento popular acerca desse grupo animal, auxilia com informações sobre as espécies e, principalmente, sobre os cuidados necessários para prevenção de acidentes ofídicos. “Conhecendo, fica mais fácil de preservar”, considera. Segundo Simone, o trabalho no campo exige certos cuidados, como por exemplo o uso de botas – que pode prevenir cerca de 70% dos acidentes –, ou mesmo o uso de algum outro calçado fechado, que também auxilia nessa proteção.

 

Sobre os cuidados no entorno de residências, é imprescindível manter o espaço limpo e livre de entulhos. Em amontoados de folhas, a bióloga orienta utilizar um pedaço de madeira ou uma ferramenta para revolver o material, visto que este é um habitat favorável para esses animais se alojarem. Outra medida é verificar dentro de calçados, antes de usá-los se não há presença tanto de pequenas serpentes quanto de aranhas e escorpiões.

 

UPF na Expodireto

 

O Serpentário pode ser visitado até o dia 10 de março, sexta-feira, quando encerra a feira. Essa é uma das atrações da UPF na Expodireto, que acontece em Não-Me-Toque. Além desse destaque, o estande da UPF na feira traz outras inovações, apresentação de serviços e informações aos agricultores que visitarem o evento.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Comando da Madrugada

com Caroline Secchi

Domingo

das 00:00 às 06:00

ouça ao vivo



Você acha que a lei que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas resolveu o problema da baderna noturna noCentro?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas