Passo Fundo perde a professora e pesquisadora da UPF, Lizete Augustin

Créditos: Reprodução/UPF

Passo Fundo perdeu nesta quinta-feira (10) a professora e pesquisadora da UPF Lizete Augustin. Ela será velada no Memorial Vera Cruz e o enterro acontece nesta sexta-feira (11) no Cemitério da Vera Cruz.

Aos 64 anos, Lizete deixa os filhos Vivian, Eduardo e os netos Santiago, Alicia e Otávio.

A professora se destacou pelo projeto da primeira cultivar de batata desenvolvida pela UPF, denominada de UPFSZ Atlantucha.

O projeto da cultivar chamou atenção da Rádio, que concedeu à UPF o troféu de “Destaque Uirapuru” no segmento “Inovação”.

Ao vivo na Rádio Uirapuru, o professor Hélio Rocha, que foi diretor da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da UPF, disse que a professora Lizete foi uma pessoa muito importante e maravilhosa em todos os sentidos. Contou que ela colou grau no ano de 1976 e em 1977 já havia iniciado como docente em uma turma especial. Em agosto do ano seguinte, Lizete foi efetivada como professora da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, onde iniciou uma brilhante carreira.

O professor Hélio Rocha declarou que poucas pessoas tiveram a oportunidade de fazer trabalhos com resultados tão palpáveis e de tanto impacto no sistema de produção como foi a professora Lizete.

Ressaltou que, além do lado profissional exemplar, a docente também era uma pessoa muito ética. Rocha lembrou que em um país com uma grande crise ética e moral que enfrentamos hoje, os bons exemplos, como a professora Lizete, são indispensáveis quando se pensa em um futuro melhor.

O professor ainda lembrou que não havia nada de errado em relação ao comportamento da professora, tanto pessoal, quanto profissional. Afirmou que poderia elencar uma série de adjetivos, mas que eles não traduziriam parte da história dela.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas