Jovem que morreu baleada na São Luiz Gonzaga não era o alvo do ataque

A Polícia Civil de Passo Fundo já ouviu o depoimento do homem que atirou em um casal e acabou matando uma jovem de 17 anos na noite do último dia 12 em Passo Fundo. O homem, que inicialmente responde ao processo em liberdade por não ter havido flagrante, afirmou que o alvo era Everton V. da Rosa, apenado do semiaberto e que acompanhava a vítima fatal. O atirador afirmou que a jovem Alieska Gonçalves da Luz foi atingida sem intenção. Ainda no depoimento o atirador afirmou que a motivação do crime foi uma desavença envolvendo tráfico de drogas.

Na noite do crime o casal estava na Avenida Giavarina, bairro São Luiz Gonzaga, por volta das 19h30min, onde Everton se dirigia para o albergue prisional onde passa as noites. Um homem desceu de um carro escuro, usando moletom e capuz, sacou um revólver e descarregou a arma na direção dos dois. Everton foi baleado, mas sobreviveu. Alieska foi atingida na cabeça e morreu na hora.

 

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas