Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Política

Publicada em: 24/01/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Recurso de Lula é julgado hoje em Porto Alegre: Uirapuru ao vivo do TRF4

A Uirapuru tem cobertura ao vivo direto de Porto Alegre com o repórter especial Tiago Bittencourt

Rádio Uirapuru
Créditos: Rádio Uirapuru
Recurso de Lula é julgado hoje em Porto Alegre: Uirapuru ao vivo do TRF4

Condenado pelo juiz Sérgio Moro à prisão de 9 anos por conta do caso Triplex, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está tendo o seu recurso julgado hoje, quarta-feira (24), pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de Porto Alegre, a segunda instância. Forças de segurança de todo o Estado estão na capital para garantir que o processo ocorra de forma segura. Manifestantes contrários e favoráveis ao ex-presidente promovem atos em várias cidades do país.

 

A Uirapuru tem cobertura ao vivo direto de Porto Alegre hoje com o repórter especial Tiago Bitencourt.

 

Com os bloqueios, linhas de ônibus foram alteradas e há atos favoráveis e contrários a Lula.

 

O primeiro a falar foi o procurador Regional da República Maurício Gotardo Gerum. Ele afirmou que o ex-chefe do Executivo se corrompeu e que a defesa não conseguiu apresentar qualquer elemento probatório consistente que afastasse a acusação dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Lamentavelmente, Lula se corrompeu”, resumiu.

 

Depois foi a vez do advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin, que sustentou em sua fala no julgamento do recurso do caso do triplex do Guarujá que não houve provas periciais, o que acarreta, segundo ele, na nulidade do processo. 

 

O primeiro relator a votar foi o desembargador João Pedro Gebran Neto, que votou pela manutenção da condenação do petista e aumento da pena para 12 anos e um mês de reclusão e 280 dias-multa. Para o desembargador, a pena de Lula deve ser cumprida em regime fechado. O juiz federal Sérgio Moro, em primeira instância, estabeleceu 9 anos e 6 meses de prisão.

 

Após um intervalo de uma hora, o julgamento foi retomado. 

 

O revisor do processo que julga o recurso do ex-presidente Lula, desembargador Leandro Paulsen, também votou pela condenação de Lula e pelo aumento da pena para 12 anos e um mês de prisão. Ele acompanhou na íntegra o voto do relator, desembargador João Pedro Gebran Neto. Com esse voto, já são dois votos pela condenação do ex-presidente.

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Você costuma procurar emergência hospitalar quando tem problema de saúde repentino?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas