Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Política

Publicada em: 23/03/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Após forte manifestação popular, Lula desiste de ato em Passo Fundo

Rádio Uirapuru
Créditos: Roberto Sander
Após forte manifestação popular, Lula desiste de ato em Passo Fundo

A sexta-feira foi de tensão e manifestos em Passo Fundo, por conta da agenda do ex-presidente Lula na cidade. A caravana que percorre o Brasil enfrentou protestos em várias cidades gaúchas, em outras foi recebido de braços abertos, mas em Passo Fundo um levante inédito no Estado, em grandes proporções, impediu o ato do ex-presidente, que está acompanhado em sua caminhada pela ex-presidente Dilma Roussef.

 

A Uirapuru montou uma grande equipe para a maior cobertura já feita pela emissora, em um dia histórico para a região, marcando a passagem de dois ex-presidentes e também de um grande levante contrário. Desde a madrugada de sexta-feira os repórteres Lucas Cidade e Lucas Brasil iniciaram a jornada até Sarandi e Ronda Alta, cidades que receberam a caravana antes da agenda em Passo Fundo.

 

Passo a passo do presidente foram contatos pelos repórteres, inclusive o momento em que Lula deixou o hotel em Sarandi. A medida em que a caravana chegava, com seus ônibus, mais próxima de Passo Fundo, a situação foi se complicando, com agricultores trancando a rodovia. A Brigada Militar agiu para desbloquear a rodovia, usando gás lacrimogênio e o pelotão de choque. Os agricultores responderam queimando pneus e trancando a pista com tratores. A manobra retardou muito a passagem da caravana, que se quer conseguiu chegar a Passo Fundo, ficando entre a cidade e Pontão. Enquanto a caravana ficava parada, grupos contrários mantiveram a Universidade Federal Fronteira Sul (UFFS) bloqueada.

 

O local foi cogitado como primeiro ponto que receberia o ato público na cidade. Durante a manhã, ainda em Ronda Alta, Lula disse rapidamente nos microfones da Uirapuru e afirmou que viria a Passo Fundo para falar ao povo na universidade. A notícia fez aumentar o número de manifestantes contrários ao ex-presidente no local.

 

O segundo ponto, este confirmado, a Avenida Brasil com Bento Gonçalves, chamada de Esquina Democrática, concentrou a maioria dos manifestantes favoráveis a Lula. O local também registrou confusão, bate boca e empurrões entre contrários e favoráveis, mas nenhum ferido. A cada minuto a equipe de repórteres da Uirapuru informava tudo, como estava a caravana, o centro e a UFFS. A UFFS os manifestantes deixavam claro que não queriam Lula na cidade. Cavaleiros e manifestantes usando a bandeira do Rio Grande do Sul chamavam os gaúchos para iniciar um levante contra a corrupção.

 

A Uirapuru deixou os microfones abertos para favoráveis e contrários ao longo de toda a cobertura, ouvindo também o deputado estadual Edegar Pretto. O deputado elogiou a democracia exercida na cobertura da Uirapuru, ouvindo os dois lados. Pretto explicou que a agenda construída pela caravana priorizou grandes obras feitas em seu governo, inclusive na agricultura. Todos os pontos de passagem foram escolhidos por Lula, principalmente na agricultura familiar.

 

A Uirapuru também ouviu um dos símbolos do PT no Estado, o ex-governador Olívio Dutra. Ainda antes da passagem de Lula por Passo Fundo, Olívio falou sobre a grande expectativa com relação à caravana que, conforme ele, levava democracia ao povo.

 

Por volta das 16h, em meio aos manifestos de agricultores que bloqueavam a entrada da caravana na cidade, no trecho entre Pontão e Passo Fundo, começou a chegar, através das fontes da Uirapuru, a informação que Lula poderia desistir de fazer seu ato público na cidade, alegando falta de segurança.

 

A informação se confirmou pela equipe da Uirapuru às 17h, quando foi noticiado que Lula se dirigiu para Chapecó, de onde seu avião o aguardava para o restante da agenda. A notícia foi comemorada pelos manifestantes contrários e, por fim, o esquema de segurança e os manifestos encerraram. Restou apenas o grupo contrário à vinda de Lula, que organizou um buzinaço por diversas ruas em comemoração.

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

De tudo um pouco

com Valdir Mello e João Victor

Terça-Feira

das 21:30 às 23:00

ouça ao vivo

A vacinação de crianças e adultos deve ser uma obrigação legal?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas