Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 102.5

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Política

Publicada em: 01/06/2018 , por Jornalismo Rádio Uirapuru

A A A

Pré-candidatos à Presidência da República pelo PSTU lançam manifesto em Passo Fundo

Rádio Uirapuru
Créditos: Mateus Leal/Rádio Uirapuru
Pré-candidatos à Presidência da República pelo PSTU lançam manifesto em Passo Fundo

O PSTU lançou ontem (31) em Passo Fundo o manifesto “Um Chamado à Rebelião: o Brasil Precisa de uma Revolução Socialista”. O evento, que contou com as presenças de Vera Lúcia e Hertz Dias, pré-candidatos à presidência da República, foi realizado na sede dos Garotos da Batucada.

 

Em entrevista à Uirapuru, Vera Lúcia falou sobre a defesa de uma alternativa revolucionária e socialista para o país. Para o partido, só é possível garantir emprego, salário, saúde, moradia, acabar com as opressões, com a violência e com a corrupção, tomando medidas anti-imperialistas e anticapitalistas como: suspensão do pagamento da dívida pública com os grandes investidores e realização de uma auditoria; reforma agrária para os camponeses sem-terra; combate ao racismo e machismo; igualdade e direitos para as mulheres; e combate à corrupção com prisão e confisco dos bens de todos os corruptos e corruptores.

 

Vera Lúcia disse que a sua pré-candidatura tem a tarefa de apresentar à classe trabalhadora e ao povo pobre do Brasil um programa que atenda as necessidades mais básicas. O manifesto não serve apenas para o processo eleitoral, mas para antes, durante e depois. A pré-candidata disse que a população precisa se rebelar, de forma organizada, contra aqueles que a condenam a uma vida de sofrimento, desemprego, condições precárias e miséria.

 

Em relação a descrença dos eleitores na política devido aos escândalos de corrupção, o pré-candidato a vice-presidência, Hertz Dias, disse que essa eleição talvez seja a mais improvável e imprevisível da história do país. Explicou que a população está deixando de acreditar em uma coreografia eleitoral que acontece a cada dois em dois anos e isso é positivo. Para Hertz, à medida que a classe trabalhadora desacredita no processo eleitoral, que é democrático, ela passa a acreditar mais na sua própria força, os caminhoneiros foram exemplo disso.

Imagens Relacionadas

Clique nas imagens para ampliá-las.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Troca-Troca

com Gabriela Rosa e Valdir Mello

Quinta-Feira

das 12:30 às 13:30

ouça ao vivo

Você acha que os presos devem pagar suas despesas na cadeia?

Copyright © 2018 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas