Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Saúde

Publicada em: 27/05/2017 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Passo Fundo registra um caso de gripe por H3N2 e campanha de vacinação segue até o dia 9 de junho

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação
Passo Fundo registra um caso de gripe por H3N2 e campanha de vacinação segue até o dia 9 de junho

A 6ª Coordenadoria Regional de Saúde (6ª CRS) confirmou nesta sexta-feira (26) um caso de gripe pelo vírus H3N2, que é um subtipo da Gripe A e um dos vírus com maior circulação no Rio Grande do Sul. O paciente foi diagnosticado no início do mês e já recebeu o tratamento. Ele não reside em Passo Fundo ou na região.

 

No Rio Grande do Sul foram confirmadas duas mortes por H3N2, de um homem de 45 anos, da cidade de Harmonia, e de uma mulher de 92 anos, de Canoas. Ambos pertenciam ao grupo prioritário e não tinham recebido a vacina neste ano. Em Passo Fundo, até o momento não foi confirmado nenhum registro de H1N1, que foi o causador de mais cinco mortes no Estado.

 

A vacina da gripe disponível na rede pública de saúde para o grupo-alvo da campanha do governo federal combate os três principais tipos de vírus da gripe: H1N1 (Influenza A), H3N2 e Influenza B.

 

O enfermeiro da Vigilância Epidemiológica da 6ª CRS, Gilberto Santetti, disse que a população precisa ficar atenta a todos os casos de gripe, independente do tipo do vírus. Ele frisa que qualquer gripe pode ter um agravamento.

 

As pessoas que apresentarem sinais de gripe, como febre alta repentina e tosse, devem procurar o atendimento médico. Não é necessário ir até a emergência dos hospitais.

 

Santetti ressalta que, hoje, as unidades de saúde já contam com o medicamento Oseltamivir, mais conhecido como Tamiflu, para o tratamento da H1N1 e das outras variantes do vírus, conforme prescrição médica.

 

Quem ainda não se vacinou contra a gripe e faz parte do grupo-alvo tem mais uma oportunidade para se imunizar. O município seguirá a orientação do Ministério da Saúde que, devido à baixa procura em todo o país, prorrogou o período de vacinação para até 9 de junho.

 

Passo Fundo já atingiu 82,5% da meta que é de 90%. Até a última quarta-feira foram aplicadas 55.751 doses da vacina. Os grupos prioritários com maior cobertura é o dos indígenas (com mais de 100%) e dos idosos (95%), os que menos se vacinaram foram as crianças (54,5%) e as gestantes (62,72%).

 

Após o encerramento da campanha, as doses que sobrarem serão aplicadas na comunidade em geral. Por enquanto apenas as seguintes grupos podem receber a vacina na rede pública de saúde: crianças de 6 meses a 5 anos; trabalhadores da saúde; gestantes e até 45 dias depois do parto; indígenas e idosos; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; professores de escolas públicas e privadas; adolescentes sob medidas socioeducativas; e população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Uirapuru Ecologia

com Ivaldino Tasca

Sábado

das 11:00 às 12:00

ouça ao vivo



Você acha que a Reforma Política em andamento no Congresso vai moralizar o País?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas