Passo Fundo terá veículo adaptado para atender pessoas com deficiência

Créditos: Alex Borgmann

No Rio Grande do Sul, 5 municípios receberão veículos adaptados para ampliar o acesso e promover a qualificação dos serviços de reabilitação de pacientes atendidos pelo SUS e Passo Fundo está entre eles.

Também receberão os veículos as cidades de Santa Maria, Santa Rosa, Cachoeirinha e Encantado. Serão beneficiados os pacientes atendidos pelas APAEs de Santa Maria e Cachoeirinha; a Fundação Municipal de Santa Rosa; além da Associação Cristã dos Deficientes Físicos (ACD), de Passo Fundo e o CER da cidade de Encantado.

Para a aquisição dos furgões destinados aos municípios cearenses, o Ministério da Saúde investiu R$ 919.900,00 sendo R$ 183,9 mil o valor unitário. Os carros vão garantir o acesso da pessoa com deficiência que não apresentam condições de mobilidade e acessibilidade aos pontos de atenção da Rede de Cuidados no Sistema Único de Saúde.

A distribuição de veículos para o Rio Grande do Sul faz parte da compra de 97 veículos adaptados, pelo Ministério da Saúde com investimento total de R$ 17,8 milhões, que vão atender a Centros Especializados em Reabilitação (CER), em 87 municípios de 23 estados. Com essas aquisições, todos os CER habilitados no país passarão a contar com veículos adaptados.

A doação dos veículos promove a inclusão social, autonomia e melhoria da qualidade de vida de brasileiros com deficiência. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, reforça que o transporte adaptado garante a mobilidade e mais autonomia da pessoa. “Principalmente, para aquela pessoa que tem sofrido algum tipo de dependência para a sua reabilitação em função de algum tipo de acidente que ela sofre. Para nós, é fundamental o investimento do governo federal e com certeza essas pessoas estarão felizes por receberem esse reforço”, destacou Gilberto Occhi.

As vans doadas pelo Ministério da Saúde são adaptadas com plataforma elevatória veicular, para o embarque e desembarque de usuários cadeirantes. O veículo também é equipado com sistemas de segurança para fixação da cadeira de rodas, cintos de segurança, além de protetores de cabeça para cada cadeirante, possibilitando o transporte seguro de nove usuários, sendo três cadeirantes.

*Ministério da Saúde

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas