Ouça agora

Rádio AM 1170 Rádio FM 90.1

Ouça pelo celular



Rádio Uirapuru - Segurança

Publicada em: 14/11/2017 , por Jornalismo Uirapuru

A A A

Câmeras privadas poderão ser usadas pela polícia em monitoramento da cidade

Rádio Uirapuru
Créditos: Divulgação
Câmeras privadas poderão ser usadas pela polícia em monitoramento da cidade

O uso da tecnologia está cada vez mais em foco quando se trata de segurança pública. Enquanto muitas cidades usam com sucesso câmeras de monitoramento, ainda que timidamente, esta tecnologia já é bastante difundida no campo privado.

 

Hoje a maioria dos prédios centrais e lojas possui sistema privado de monitoramento, enquanto as próprias da segurança pública restringe-se a poucas unidades.

 

Visando aproveitar esta estrutura privada, o vereador Márcio Patussi (PDT) está propondo uma parceria entre o setor privado e a municipalidade. A ideia é que as tecnologias de videomonitoramento já instaladas em estabelecimentos particulares possam contribuir com a investigação de crimes. A sugestão é que a proposta seja instituída como um Sistema Colaborativo de Segurança e Monitoramento.

 

No Projeto de Lei, protocolado na Câmara de Vereadores, é disposto que as imagens captadas pelas câmeras de vigilância instaladas em condomínios, estabelecimentos comerciais, agências bancárias, instituições da sociedade civil e pessoas jurídicas em geral possam ser fornecidas voluntariamente aos setores da segurança.

 

Uma vez captadas, as imagens contribuirão com a investigação e esclarecimento de delitos, estabelecendo uma colaboração entre a sociedade civil e a Administração Pública.

 

Na Uirapuru Patussi citou colaborações semelhantes em outras cidades, como Gramado e Porto Alegre. Destacando a ampliação do projeto Guardião, que visa levar de 28 para 150 câmeras em Passo Fundo, Patussi afirmou que a união dos sistemas pode trazer uma nova dinâmica na investigação e prevenção de crimes na cidade.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Ouça ao vivo

Troca-Troca

com Gabriela Rosa e Valdir Mello

Quinta-Feira

das 12:30 às 13:30

ouça ao vivo



Você concorda com a legalização dos jogos de azar no Brasil?

Copyright © 2017 Grupo Uirapuru . Todos os direitos reservados. Parceria Sistemas