Bandeira vermelha nas guaritas dos guarda-vidas alerta para autorrisco de afogamento

A terça-feira (12) foi um dia atípico para os guarda-vidas da Operação Verão do Corpo de Bombeiros Militar. O vento, o céu nublado e a chuva forte em determinados momentos, principalmente no Litoral Norte, afastaram os banhistas da beira da praia nesse início de semana.

Como consequência não foi registrado nenhum registro de salvamento nas praias do litoral gaúcho e nos balneários de água doce – águas internas. De acordo com o tenente Paulo Roberto, há dois dias a bandeira é vermelha nas guaritas em virtude das ondas estarem de baixa a média intensidade.

A cor vermelha significa autorrisco de afogamento, portanto, recomenda-se não entrar no mar porque há uma grande presença de corrente de retorno e formação de buracos. Em relação às atividades de prevenção junto aos banhistas, os guarda-vidas efetuaram 469 ações somente na terça-feira, o que eleva para 126.457 o número de atendimentos aos veranistas. A segunda edição da Operação Verão iniciou no dia 15 de dezembro de 2018.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas