Cerca de 75% dos afogamentos no Brasil ocorrem em locais isolados

Créditos: Divulgação

Desde o dia 15 de dezembro de 2018, quando iniciou a Operação Verão do Corpo de Bombeiros Militar, foram realizados 171 salvamentos e 42.507 atividades preventivas nas praias e balneários gaúchos.

Ontem (08), direto do Balneário da Lagoa dos Barros, próximo a Santo Antônio da Patrulha, o tenente Paulo Roberto apresentou ao vivo na Uirapuru o balanço desta segunda edição da operação. Somente na segunda-feira (07) foram efetuados cinco salvamentos, sendo três no Litoral Norte e dois em águas internas, além de 775 ações de prevenção.

O tenente contou que são quase 100 guaritas espalhadas pelos balneários de água doce do Rio Grande do Sul. Algumas delas na Lagoa dos Patos, Porto Alegre, São Lourenço do Sul, Pelotas, praias do Rio Jacuí e na região de Passo Fundo no Rio Carreiro, no município de Serafina Corrêa, onde estão localizadas as guaritas coordenadas pelo Corpo de Bombeiros, com militares e outros guarda-vidas civis temporários. Segundo o tenente, um levantamento recente mostra que 75% dos afogamentos que ocorrem no Brasil são em locais isolados e de difícil acesso, como em rios, lagos, represas e barragens.

Ainda ontem (08), em Porto Alegre, foi realizada a solenidade de passagem de comando do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul. O coronel César Eduardo Bonfanti, que já esteve à frente do batalhão de Passo Fundo, é o novo comandante.

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas