Madrasta de Bernardo depõe e advogado de defesa declara que ré falou tudo que sabe para o Júri

Créditos: Cissa Battistella/ Rádio Uirapuru

Na manhã desta quinta-feira (14) aconteceu o depoimento da ré Graciele Ugulini, madrasta do Bernardo, no julgamento sobre a morte dele. Graciele é apontada como a assassina do menino.

Antes de entrar no Tribunal do Júri, o advogado de defesa, Vanderlei Pompeu de Mattos, disse que ela iria apresentar a versão dela para os jurados. Explicou que essa é a primeira oportunidade que teve de falar. Vanderlei confirmou que ela é a ré confessa, porém não como a justiça aponta. Ele voltou a sustentar que a morte do menino foi acidental, com um erro na dosagem do medicamento.

Pompeu de Mattos criticou também o aparato estatal usado contra ela, disse que em 30 anos de advogacia criminal nunca viu um júri com três promotores tão agressivos. Defendeu ainda que nunca houve recompensa para Edelvânia ajudar no crime.

Questionou ainda onde está o clamor público pelo caso, já que o Fórum não está lotado e classificou o Júri como “espetáculo”.

Mais Imagens

Comentários

A Rádio Uirapuru não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Notícias Recomendadas